Canais de Notícia

Trabalho

Publicada em 15/05/2014

Pequenos produtores e indígenas são capacitados em Paranhos

Certificados de conclusão dos cursos serão entregues nesta quinta-feira à noite.

Da assessoria

Acontece nesta quinta-feira (15), 18h, no Clube de Laço Az de Ouro, em Paranhos, a certificação de 93 participantes de capacitações desenvolvidas pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/MS - Sistema Famasul) e Prefeitura Municipal no município de Paranhos.

Localizado ao sul do Estado, Paranhos tem sua economia pautada na pecuária de corte e leiteira e no cultivo de mandioca, de grãos (soja e milho) e extração da erva-mate.

A área rural da cidade conta com 11 comunidades, entre assentamentos e aldeias indígenas e a agricultura familiar é responsável por 82,5 % dos estabelecimentos rurais da região.

Diante da força do trabalho do campo no município e com o objetivo de fomentar ainda mais o desenvolvimento do segmento, o Senar/MS desenvolveu em parceria com a Prefeitura e, através do Programa Nacional de Acesso ao ensino Técnico e Emprego (Pronatec), os cursos de Agricultor Orgânico, Bovinocultor de Leite e Produtor de Mandioca. Pelo segmento da Promoção Social (PS) a entidade realizou o curso de Artesanato em Fibra de Bananeira.

"O Senar investe nas comunidades indígenas, levando qualificações voltadas à realidade desse público, assim como mantém seis instrutores indígenas em seu quadro, colaborando para a proximidade cultural de alunos e entidade", avaliou o superintendente do Senar/MS, Rogério Beretta.

Entre os participantes das capacitações realizadas via Pronatec, 79 são moradores das aldeias indígenas Paraguaçú, Potrero Guaçú, Pirajú e Arroyo Corá e dos assentamentos São Cristóvão e São Vicente.

Foram parceiros do Senar/MS para a realização das qualificações a Secretaria Municipal de Assistência Social (SAS) e a Secretaria Estadual de Trabalho e Assistência Social (Setas).