Canais de Notícia

Trabalho

Publicada em 12/05/2014

Senar capacita 90 pessoas com Inclusão Digital Rural nesta semana

Capacitação será oferecida em quatro municípios do Estado.

Da assessoria

Atualmente no Brasil, 77 milhões de pessoas acessam computadores e laptops, segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Para ensinar ao homem do campo os primeiros passos da informática, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de MS (Senar/MS – Sistema Famasul) capacita 90 pessoas sobre como utilizar os recursos da informática e as principais ferramentas do computador,dos dias 12 a 17 de maio, por meio do Programa Inclusão Digital Rural. Os cursos acontecem nos municípios de Angélica e Corumbá no dia 12; em Rio Brilhante nos dias 12 e 14 e em Costa Rica, nos dias 12, 14 e 16 de maio.

O acesso à Internet cresceu 143,8% no Brasil nos últimos seis anos, sendo grande responsável por esse aumento as pessoas com idade superior a 50 anos. Por meio do Programa Inclusão Digital, o Senar/MS reforça a importância do uso dessa tecnologia. “O alcance à Internet e a programas básicos de computação está inserido na maioria dos meios sociais. A obtenção de conhecimento sobre essas tecnologias facilita a vida do homem do campo”, avalia o instrutor da entidade, Edson Bobadilha.

O programa capacita com noções básicas do sistema operacional Windows, Internet, Microsoft Word e Excel, além da introdução ao processamento de dados. “Nas 16 horas de curso, os participantes aprendem desde a ligar o computador, acessar sites da Internet, produzir textos e editá-los no Word e, ainda montar planilhas no Excel”, explica Bobadilha, que reconhece o empenho da maioria dos alunos no aprendizado, por saberem da importância dessas ferramentas no dia a dia.

Os interessados em participar do Programa Inclusão Digital Rural devem ter no mínimo 16 anos e ser alfabetizado. Conheça as 104 capacitações oferecidas pelo Senar/MS entre os dias 12 a 17 de maio por meio do sitewww.senarms.org.br ou pelo telefone 3320-9700.