Canais de Notícia

Trabalho

Publicada em 28/04/2014

Artigo: Prevenção, uma responsabilidade compartilhada todos os dias

Segundo o MTE, o Brasil tem reduzido os índices de acidentes de trabalho.

*Flávio Penteado

Trabalhar é uma atividade digna e nobre, que não deveria, em tese, provocar efeitos nocivos à saúde das pessoas. No entanto, apesar das significativas evoluções na legislação trabalhista nas últimas décadas, a realidade ainda assusta. Somente no Brasil, cerca de 700 mil acidentes de trabalho são registrados todos os anos, sem contar os casos não notificados oficialmente. A economia também é afetada: de acordo com o Ministério da Previdência, o país perde anualmente de 2,5 a 4% do PIB com acidentes deste gênero, devido ao pagamento de benefícios previdenciários.

Diante deste cenário, o Dia Nacional de Prevenção e Segurança no Trabalho, comemorado no dia 28 de abril e instituído pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), ganha importância adicional e serve, como uma espécie de lembrete: sua empresa oferece um ambiente seguro para o trabalhador? O que está sendo feito para minimizar riscos? Os funcionários se sentem protegidos e satisfeitos com as condições de trabalho? Do outro lado, você é um colaborador responsável? Respeita os procedimentos de segurança? Toma os cuidados necessários durante o expediente? Essas são reflexões essenciais para a construção de um futuro mais seguro e otimista.

De qualquer modo, existem motivos para comemorar. Segundo estatísticas do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), o Brasil tem reduzido de maneira significativa os índices de acidentes de trabalho, bem como a gravidade deles.

Parte desse bom desempenho vem de programas de segurança e de prevenção originados na indústria. Vale destacar a contribuição do setor químico, pioneiro em diversas iniciativas que visam preservar trabalhadores da exposição a agentes e soluções. A Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim), por exemplo, lançou programas específicos de prevenção de acidentes, que vão muito além dos requisitos legais.

Sou gerente de SSMA (Segurança, Saúde e Meio Ambiente) de uma das maiores empresas agroquímicas do mundo e sei o quanto o casamento entre ‘engajamento’ e ‘práticas de segurança’ dá bons resultados. Citando a realidade da qual faço parte: na FMC, segurança, saúde e meio ambiente são valores inegociáveis, que são considerados diariamente em todas as decisões. A área de Segurança recebe investimentos constantes, que geram ações de conscientização, capacitação de equipes, análises técnicas dos processos e instalações, além de estudos frequentes a partir de indicadores de performance. O resultado? 20 anos sem acidentes de trabalho com afastamento.

Acreditamos na importância de prevenir acidentes, seja no trabalho, em casa ou no trânsito. Essa crença se aplica a funcionários, e se estende, da mesma maneira, a fornecedores, parceiros e visitantes da fábrica. Temos consciência de que bons resultados só são atingidos por meio do compromisso de líderes e colaboradores com os valores da companhia. Além disso, são fundamentais planejamento e treinamentos contínuos que assegurem o cumprimento de procedimentos e requisitos legais.

A prevenção é uma responsabilidade que deve ser igualmente compartilhada. Assim, a partir de posturas colaborativas e dos exemplos da liderança da empresa, a segurança no trabalho torna-se uma conquista que deve ser comemorada não só hoje, mas todos os dias. Parabéns àqueles que zelam pela vida e pelo bem-estar.

*Gerente de SSMA (Segurança, Saúde e Meio Ambiente) da FMC Agricultural Solutions