Canais de Notícia

Trabalho

Publicada em 24/02/2014

Piso do trabalhador rural tem reajuste de 8,4% em MS

Para os trabalhadores que recebiam acima de R$ 724, o reajuste fixado foi de 6%.

Da assessoria

O piso salarial do trabalhador rural em Mato Grosso do Sul será de R$ 785 a partir de 1° de março de 2014, até 28 de fevereiro de 2015, um reajuste de 8,4%, considerando o salário atual de R$ 724. Este é o resultado da negociação da Convenção Coletiva de Trabalho entre representantes dos produtores e dos trabalhadores rurais do Estado na Federação da Agricultura e Pecuária de MS (Sistema Famasul). Para os trabalhadores que recebiam acima de R$ 724, o reajuste fixado foi de 6%.

A reunião foi conduzida pelo diretor secretário da Famasul, Ruy Fachini, e pelo presidente da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do MS (Fetagri), Valdinir Nobre de Oliveira, que integrou pela primeira vez a mesa de negociações à frente da entidade.

Além das cláusulas econômicas, foram pactuadas também cláusulas sociais na Convenção Coletiva de Trabalho, com vigência de 1° de março de 2014 a 29 de fevereiro de 2016. Entre elas, questões relacionadas aos equipamentos de proteção individual, fornecimento de ferramentas, transporte, moradia e dispensa para realização de cursos.

A negociação terá reflexos para os trabalhadores rurais do Estado, assalariados rurais, permanentes ou temporários; aqueles que exercem atividade agropecuária; extrativismo vegetal; extração florestal; atividade de reflorestamento e extração de material lenhoso e os empregados de escritórios de fazendas. O texto integral da nova Convenção Coletiva de Trabalho será disponibilizado no site da Famasul, após registro e homologação pelo Ministério do Trabalho e Emprego.