Canais de Notícia

Trabalho

Publicada em 07/02/2014

Mais de 600 trabalhadores de usina de Ivinhema serão capacitados

Capacitação atende colaboradores do grupo Adecoagro.

Do CanaNews com assessoria

Cerca de 640 trabalhadores da usina sucroenergética Ivinhema, do grupo Adecoagro, vão participar de cursos de capacitação que estão sendo ministrados pela FatecSenai no município até o fim do mês de março.

Segundo a FatecSenai, nesta quarta-feira (5) foram iniciados os cursos de operador de colhedora de cana e operador de transbordo e implemento, que vai capacitar 140 colaboradores da usina. As aulas estão sendo realizadas na Fundação Nelito Câmara e no Projeto Sagrado Coração, em regime intensivo, de segunda a sábado, oito horas por dia.

A capacitação, conforme o gerente da FatecSenai Dourados, Guilherme Branco, ocorre em razão de um pedido da empresa. “O Grupo Adecoagro procurou o Senai devido à expertise da entidade na qualificação de mão de obra para o setor sucroenergético. Existe também a intenção de expandir os cursos para atender pessoas da comunidade para que, desta forma, a empresa tenha mão de obra qualificada em abundância”, detalhou.

Ainda conforme Guilherme Branco, a parceria com o Grupo Adecoagro é antiga e a experiência do Senai para realizar cursos na área é reconhecida pela empresa em nível nacional e até internacional, já que desde janeiro uma equipe da entidade está qualificando trabalhadores em Angola. “O Senai tem disponibilidade e interesse em atender todos os cursos que forem solicitados, além de ampliar também o atendimento”, declarou.

A unidade de Ivinhema

A unidade do Grupo Adecoagro em Ivinhema foi inaugurada em abril do ano passado e é a segunda indústria sucroenergética da empresa. A planta terá capacidade de moagem de 2 milhões de toneladas de cana na primeira fase de implantação, enquanto completa será capaz de processar 6 milhões de toneladas, que somadas à unidade de Angélica, atingirão a capacidade de 10 milhões de toneladas por safra, formando um cluster no Mato Grosso do Sul e colocando a empresa entre as mais competitivas do Brasil.

O empreendimento de Ivinhema contou com investimentos financiados pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e o seu projeto de implantação inclui a instalação de uma unidade de cogeração de energia elétrica com capacidade de 120 megawatts (MW) e linha de transmissão associada. Atualmente, a Adecoagro Ivinhema possui 3.781 empregados diretos, mas a previsão após a conclusão do projeto é que sejam criados mais 1.360 postos de trabalho diretos.