Canais de Notícia

Trabalho

Publicada em 10/01/2014

Mais da metade das empresas acreditam em aumento das contratações em 2014

O setor de comércio é o mais otimista: 56% dos entrevistados acreditam que o volume de contratações deve aumentar nos próximos seis meses.

Catho

As empresas brasileiras estão otimistas com relação a 2014. Mais da metade acredita em aumento do volume de contratações nos primeiros seis meses do ano. É o que aponta pesquisa da Catho, site líder de empregos no país, e do Conecta, braço online do IBOPE Inteligência, realizada com 500 empresas entre os dias 25 de outubro e 11 de novembro 2013.

O setor de comércio é o mais otimista: 56% dos entrevistados acreditam que o volume de contratações deve aumentar nos próximos seis meses. Para 32%, o nível de contratação deve permanecer no mesmo patamar e apenas 13% dos respondentes apostam numa redução.

“Os grandes eventos que o Brasil sediará nos próximos anos, além de aquecer os setores óbvios de turismo e construção, impulsionará também os setores de estrutura e serviços, o que pode explicar esse cenário otimista, especialmente para o comércio”, informa Eduardo Thuler, diretor de Produtos da Catho.

A pesquisa traz o recorte também por cargo e região. A região Sul é a que tem empresas mais otimistas, seguida pela Nordeste, Sudeste e Norte e Centro-Oeste.

Outro dado interessante é quanto à abordagem de profissionais que não estão buscando emprego ativamente. Quase 20% dos respondentes contataria o trabalhador mesmo que ele não estivesse ativamente buscando uma vaga, sem restrições. Praticamente 2/3 também contrataria, mas, em casos específicos. “O mercado aquecido e a busca por talentos é certamente um fator decisivo para esta procura por profissionais mesmo sem que eles tenham interesse em mudar de emprego”, observa Thuler.