Canais de Notícia

Trabalho

Publicada em 14/10/2013

Pronatec está oferecendo 22 cursos técnicos a funcionários de usinas em MS

Algumas das capacitações oferecidas, inclusive, já estão em andamento.

Anderson Viegas*

O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego Industrial (Pronatec Industrial), do Plano Brasil Maior está oferecendo 22 cursos técnicos a funcionários de empresas do setor sucroenergético em Mato Grosso do Sul. Algumas das capacitações oferecidas, inclusive, já estão em andamento.

As capacitações estão sendo oferecidas conforme a demanda apontada pelas indústrias por meio de uma parceria entre a Associação dos Produtores de Bioenergia de Mato Grosso do Sul (Biosul), os ministérios do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) e da Educação (MEC), do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai/MS) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/MS).

Estão sendo oferecidos no Estado os cursos de: agente ambiental de resíduos sólidos, almoxarife, ajustador mecânico, assistente de planejamento e controle de produção, caldeireiro, desenhista da construção civil, eletricista de automóveis, eletricista industrial, lubrificador industrial, mecânico de automóveis leves, mecânico de bombas centrífugas e mecânico de bombas hidráulicas.

Também estão sendo disponibilizadas vagas em cursos para : mecânico de máquinas agrícolas, mecânico de motores a diesel, operador de máquinas e implementos agrícolas, operador de pá carregadeira, operador de processos químicos industriais, operador de retroescavadeira, soldador no processo eletrodo revestido aço carbono e aço baixa liga, torneiro mecânico, tratorista agrícola e traçador de caldeiraria.

Por meio do Senai/MS serão oferecidas 1.338 vagas, em 19 cursos nos municípios de Caarapó, Costa Rica, Deodápolis, Dourados, Maracaju, Nova Alvorada do Sul e Rio Brilhante, com investimento de R$ 3,597 milhões. Já com o Senar/MS, serão disponibilizadas 369 vagas, em dois cursos em Nova Andradina. Os recursos que serão aplicados nessa requalificação chegam a 576 mil.

O investimento total previsto é de R$ 4,17 milhões para a requalificação de 1.698 colaboradores do setor.

Entre as turmas do Pronatec Industrial já confirmadas para Mato Grosso do Sul este ano estão duas do curso de tratorista agrícola que serão realizadas na aldeia indígena guarani kaiowá de Caarapó.

Na avaliação do gerente executivo da Biosul, Paulo Aurélio Vasconcelos, iniciar os cursos ainda em 2013 é fator muito positivo para o setor. “É bom para as empresas que avançam no atendimento de suas demandas por qualificação e também para os funcionários, já que representam uma possibilidade de crescimento profissional e uma melhor remuneração”, comenta.

(*Com informações da Biosul)