Canais de Notícia

Equipamentos

Publicada em 06/06/2013

Máquinas da Áustria vão acelerar pesquisas na agricultura de MS

Equipamentos serão entregues a Fundação Chapadão e Fundação MS.

Duas máquinas colhedoras de grãos vão acelerar o andamento das pesquisas de variedades de soja e híbridos de milho produzidos em Mato Grosso do Sul. Vindas da Áustria, as ceifadeira-debulhadeiras foram adquiridas com recursos do Fundo de Desenvolvimento das Culturas do Milho e da Soja (Fundems), por meio de projeto elaborado pela Associação dos Produtores de Soja de MS (Aprosoja/MS – Sistema Famasul), e serão entregues a Fundação Chapadão e Fundação MS, no próximo sábado (8), durante a abertura da 45ª Exposição Agropecuária de Maracaju.

As máquinas vão agilizar o trabalho de colheita parcelada de amostras para pesquisa, atualmente realizado de forma manual. Só a equipe técnica da Fundação MS coleta 30 mil parcelas a cada safra e safrinha, em diversos municípios. Posteriormente, as amostras passam por análise, para que os técnicos verifiquem a adequação dos grãos, que varia de acordo com as condições de solo e clima de cada região do Estado.

De acordo com o presidente da Aprosoja/MS, Almir Dalpasquale, além de agilizar os processos da pesquisa as colhedoras vão aperfeiçoar os trabalhos das fundações. “O Estado é privilegiado pelo empenho das entidades de pesquisa. As máquinas contribuem com o objetivo de priorizar a qualidade dos grãos e a velocidade do desenvolvimento da agricultura”, ressaltou.

As máquinas serão estreadas já na colheita do milho safrinha, que deve render 6,6 milhões de toneladas em MS, com produtividade média estimada em 82,7 sacas por hectares, de acordo com dados do Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio (SIGA), elaborados pela equipe técnica da Aprosoja/MS.