Canais de Notícia

Equipamentos

Publicada em 26/03/2014

Valtra participa de seminário sobre mecanização e produção de cana

Marca discute em evento mercado de biomassa.

Da assessoria

O Brasil faz parte de um grupo mundial que concentra grandes usinas de cana de açúcar e pecuaristas no qual, se utilizam as pastagens e forragens na pecuária de corte ou de leite e a cana de açúcar para co-geração de energia e álcool de segunda geração, sendo esta uma grande vantagem econômica.

Inserida nestas ações, a Valtra participa entre os dias 26 e 27 de março do 16º Seminário de Mecanização e Produção de cana de açúcar, que acontece em Ribeirão Preto (SP). Durante o evento serão apresentadas técnicas, experiências do cotidiano das usinas e detalhes quanto aos desempenhos operacionais de novas tecnologias, visando aumentar a produtividade e competitividade das empresas do setor.

Nesta quarta-feira (26), às 16h10, o diretor de produtos da AGCO para América do Sul, Jak Torretta, e o coordenador de marketing de produtos Enfardadeiras da Valtra, Marcelo Pupin, sobem ao palco para discutir o seguinte tema: Biomassa: Necessidades, oportunidades e soluções. “Vamos falar sobre as oportunidades que o mercado nos oferece, relacionando nossos equipamentos a produtividade e rentabilidade na fazenda”, disse Pupin.

Jak acredita que a participação da Valtra é fundamental, “pois o público presente é nosso alvo principal, ou seja, todas as usinas atuantes na região tanto para cogeração de energia quanto para produção de etanol celulósico (etanol 2g), estarão no evento. Apresentaremos as mais recentes tecnologias de produção de biomassa para melhorar a produtividade e reduzir custo. Por isso oferecemos ao mercado as enfardadoras Challenger, cujo foco é contribuir com os sistemas produtivos que combinem eficiência econômica e preservação dos recursos naturais e biodiversidade”.

Estas enfardadoras proporcionam a melhor relação custo benefício, pois apresentam uma alta capacidade de enfardamento aliado ao baixo custo operacional oferecendo ao produtor rural condições ideais para viabilizar esta atividade e acrescentar rentabilidade ao negócio. “A marca investe pesado no desenvolvimento de implementos sofisticados e diversificados para atender um produtor rural cada vez mais exigente por eficiência nas operações. Estes empresários do campo desejam principalmente produtos que aperfeiçoam os processos dentro da fazenda, garantindo maior retorno do investimento em produtividade”, explica Marcelo Pupin.