Canais de Notícia

Equipamentos

Publicada em 18/10/2013

Mercado de leilões on line de equipamentos agrícolas cresce 35%

Neste ano os certames pela web já movimentaram R$ 400 milhões.

Da Redação

Os leilões online para o setor agrícola já registram, em 2013, um crescimento de 35%. Os dados são da Superbid, empresa que atua no segmento de pregões digitais e que é pioneira nas negociações entre indústria e produtores rurais. Atualmente, diversas companhias do setor, como, Usina Guarany, Grupo Plantar, Agco/Valtra, Bunge, Usina Itapagipe, Raízen, Louis Dreyfus Commodities, Usina Alcoeste, Fibria e Renuka, se interessam pela modalidade e o volume de movimentações financeiras já chegou a R$ 400 milhões.

Nos leilões, feitos totalmente online, é possível encontrar uma grande variedade de produtos, como tratores, implementos agrícolas, colheitadeiras, carros, caminhões e equipamentos de extração, envase e destilação. Segundo Pedro Barreto, diretor da Superbid, a vantagem é a ampla exposição da venda e o preço diferenciado. “Os lotes ofertados ficam disponíveis para todo o Brasil em um site com mais de 23 milhões de visitas por mês. Os valores de desconto podem chegar a 50%”, explica.

Atualmente, a Superbid tem mais de 560 lotes de ativos industriais relacionados ao agronegócio. “Depois de atender algumas das maiores companhias do setor, aprimoramos nossa estrutura para auxiliar também as pequenas e médias empresas. Temos uma demanda crescente de agricultores interessados em negociar seus produtos por meio dos pregões online”, afirma Barreto.

A Superbid já tem mais de dez leilões programados apenas para o mês de outubro. Além disso, outros 43 pregões devem ser realizados até o final do ano.

Sobre a Superbid

A Superbid (www.superbid.net) é especializada na gestão da venda de ativos para empresas. Entre os serviços oferecidos estão avaliação dos bens, identificação do mercado comprador, gestão da venda, leilão eletrônico e liquidação financeira. É a líder em seu segmento, com escritórios no Brasil, Argentina, Chile, Colômbia, Peru e Estados Unidos. Possui entre seus clientes mais de 600 grandes companhias nacionais e multinacionais, como Petrobras, Grupo Votorantim, Volkswagen, Vale, Embraer, Braskem e Louis Dreyfus, além de 800 PMEs. Conta, ainda, com mais de 500 mil cadastros ativos de compradores e 4,5 milhões de visitantes únicos/ano em seu site.