Canais de Notícia

Equipamentos

Publicada em 14/10/2013

Inaugurada em SC a primeira fábrica de tratores da LS Tractor no Brasil

A fábrica brasileira terá capacidade para produzir 5 mil unidades por ano de tratores de 25 a 100 cavalos de potência, ou seja, de pequeno e médio porte.

Da Redação

O governador de Santa Catarina Raimundo Colombo participou nesta quinta-feira, 10, em Garuva, no Norte do Estado, da inauguração da primeira fábrica de tratores da LS Tractor no Brasil e a primeira fora da Ásia. Pertencente ao grupo sul-coreano LS Mtron, o empreendimento conta com investimentos de R$ 150 milhões e deve gerar inicialmente 100 empregos diretos e mil indiretos. O governo do Estado concedeu à empresa incentivos fiscais do programa Pró-Emprego e isenção de ICMS em operações de importação de produtos comercializados no país e de matéria-prima industrializada no Estado.

“A vinda dessa fábrica é uma conquista histórica para nosso Estado. Este empreendimento traz desenvolvimento, tecnologia, inovação e competitividade numa área fundamental para que o nosso país continue crescendo, o agronegócio. Precisamos produzir cada vez mais, para poder alimentar o mundo, gerar progresso e bem estar à nossa população. Apesar de ter 1,1% do território brasileiro, Santa Catarina é modelo de produção agrícola. Essa empresa em Garuva é um reconhecimento pelo trabalho do nosso povo”, disse o governador.

A fábrica brasileira terá capacidade para produzir 5 mil unidades por ano de tratores de 25 a 100 cavalos de potência, ou seja, de pequeno e médio porte. O presidente do grupo LS Mtron no Brasil, Jung Soo Yoo, explicou que a estrutura dos portos e estradas, a existência de mão de obra qualificada e os produtores rurais que a cada ano buscam novos equipamentos para o trabalho, foram alguns dos motivos que levaram a LS Mtron a escolher Santa Catarina para a instalação da empresa.

Para o presidente mundial da LS Mtron, Jae Seol Shim, este investimento representa o primeiro passo de uma expansão, não somente em tratores, mas também em tecnologias para injetoras para plástico, eletrônicos e peças que a matriz coreana domina. “Daqui também estamos prontos para os mercados da América Latina e da África. Abrir uma fábrica no Brasil foi um grande desafio. Queremos proporcionar ao agricultor maior produtividade e um serviço por meio de inovações contínuas”.

A pretensão do empreendimento é atuar nos mercados em todo Brasil e chegar ao final do ano com 25 concessionárias. A empresa já tem um plano ousado de crescimento no mercado interno: planeja contratar, até 2020, um total de 400 empregados na unidade catarinense. Com uma estratégia que prevê um crescimento anual de 24% nas vendas, a LS Mtron estima ter 14% do mercado até 2017 e alcançar a liderança até 2020 no mercado brasileiro.

Segundo o presidente da LS Holding e representante do conselho do grupo, Kwang Woo Lee, o Brasil ocupa uma posição de destaque na economia mundial, tornando-se a cada ano uma forte potência no agronegócio. “Vamos dar toda atenção ao crescimento desta economia. É nosso dever atender aqueles que acreditam no nosso produto e nos serviços oferecendo novas tecnologias e soluções inovadoras.”

O prefeito de Garuva, José Chaves, mencionou o Contorno de Garuva, obra de R$ R$ 27,1 milhões, que está em execução pelo governo estadual, com previsão de término para 2014. O novo acesso à cidade terá início na BR-101, passando em frente à fábrica da LS Mtrom, na Estrada Palmital. “O Estado abriu as portas para a empresa se instalar aqui em Garuva, oferecendo benefícios fiscais e atendendo a uma demanda antiga da população, que sonhava com o contorno, hoje em andamento”.

As vantagens que a fábrica vai oferecer na questão de empregos e qualidade de vida já começaram a ser notadas, como é o caso de Junior Atanásio, contratado no setor de produção da LS Tractor. Ele trabalhava em uma empresa de Jaraguá do Sul, e via a família somente nos finais de semana. “Estou muito feliz com essa oportunidade. Com certeza, essa fábrica vai trazer muitas chances de trabalho para outras pessoas também. É uma nova fase da minha vida e da minha família”, explicou.

O Embaixador da Coreia do Sul no Brasil, Bon-Woo Koo, presente no evento, disse que é através da cultura que dois povos se entendem e estreitam suas relações. “Quando um empreendimento coreano se instala em outro país, automaticamente um pouco da cultura e do jeito de ser da Coreia também está nesse país. É essa parceria que se concretiza nesta inauguração.”

A empresa

A LS Mtron é uma das principais indústrias do grupo LS, originário da coreana LG Electronics. Uma empresa global que é o 13º maior grupo empresarial da Coreia do Sul com vendas anuais acima de US$ 30 bilhões e com mais de 21 mil funcionários em todo o mundo.

Atua no segmento de máquinas e eletrônica. Uma das suas subsidiárias é a Divisão de Tratores, a LS Tractor, que é a maior fabricante deste produto da Coreia do Sul, com capacidade de produção de 50 mil tratores/ano, fabricando tratores que vão de 23 a 100 cavalos que oferecem tecnologia embarcada presente hoje somente em tratores de grande potência.

A exemplo do que já fornece em outros países, o objetivo da empresa é fazer com que os pequenos e médios produtores bem como agricultores familiares brasileiros também tenham acesso a esta tecnologia.