Canais de Notícia

Logística

Publicada em 30/08/2013

Paranaguá desbanca Santos como principal via de exportação do açúcar de MS

Em 2012, foram escoadas pelo porto paranaense 47,63% do açúcar do Estado e em 2013 esse percentual subiu para 75,57%.

Anderson Viegas

O porto de Santos, em São Paulo, perdeu espaço para o porto de Paranaguá, no Paraná, como principal via de escoamento para a exportação do açúcar produzido em Mato Grosso do Sul. É o que apontam dados do Sistema de Análise das Informações de Comércio Exterior (AliceWeb), do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

Segundo o AliceWeb, entre janeiro e julho de 2012, o Estado exportou 507,3 mil toneladas de açúcar, desse total, 249,6 mil toneladas, o que representa 49,21%, foram despachadas via porto de Santos, contra 241,6 mil toneladas, 47,63%, pelo porto de Paranaguá.

Nestes primeiros sete meses de 2012, o produto sul-mato-grossense representou 3,55% do total de açúcar exportado pelo porto de Santos, que chegou a 7,032 milhão de toneladas.

Já entre janeiro e julho de 2013 o panorama é completamente diferente. Das 658 mil toneladas do produto exportadas pelas empresas sul-mato-grossenses, 497,2 mil toneladas, o equivalente a 75,57% saíram do País pelo porto de Paranaguá.

De acordo com os dados do AliceWeb, somente 140,5 mil toneladas, do total vendido pelo Estado no mercado internacional, foram escoadas via porto de Santos, o que representa apenas 21,36%.

A participação do produto de Mato Grosso do Sul no volume total de açúcar escoado pelo porto paulista também foi reduzida neste ano, caiu para 1,29% das 10,868 milhões de toneladas já escoadas no terminal.