Canais de Notícia

Logística

Publicada em 20/05/2013

MS discute com governo federal projetos para ampliar malha ferroviária

Estado pode ser beneficiado com trecho da ferrovia Norte-Sul e com ampliação da malha da Ferroeste.

Da Redação* O governo de Mato Grosso do Sul está discutindo com o governo federal a viabilização de dois projetos para ampliar sua malha ferroviária o que vai melhorar sua infraestrutura logística e viabilizar alguns projetos industriais. Nesta quinta-feira (16), a vice-governadora Simone Tebet e o secretário estadual de Obras Públicas e Transportes, Edson Giroto, estiveram reunidos com o coordenador do Núcleo de Ferrovia da Empresa de Planejamento e Logístico (EPL), Fernando Castilho, e com o assessor técnico Fábio Barbosa, para discutir a logística ferroviária do Estado. A empresa desenvolve atualmente dois estudos envolvendo o modal ferroviário em Mato Grosso do Sul. Os projetos estão dentro do Programa de Aceleração do Crescimento II (PAC II). O primeiro é o da ferrovia Norte-Sul. A linha férrea não tem traçado definido ainda, mas deve entrar em Mato Grosso do Sul pelo Leste e seguir até a região Sul do Estado, para depois atingir o Paraná, Santa Catarina e o Rio Grande do Sul. O outro projeto é o da ampliação da malha da Ferroeste, entre Cascavel (PR) e Maracaju (MS). Esse trecho permitirá a conexão ferroviária com a hidrovia Paraná-Tietê, em Guairá (PR) e ainda acesso ferroviário ao Porto de Paranaguá. O coordenador do núcleo de Ferrovia da EPL enfatizou que até o final deste mês devem ser apresentados estudos que vão apontar o trajeto definitivo das linhas férreas, com estimativa do valor do frete, que deverá ficar 30% menor do que é cobrado hoje. Em setembro deve ser feita a licitação e em janeiro do próximo ano devem começar as obras. A vice-governador disse que a empresa chinesa BBCA Group, que pretende investir R$ 500 milhões em uma unidade de processamento de grãos em Maracaju, cogitam até mesmo serem parceiros no projeto ferroviário para viabilizar o escoamento da produção da indústria. Representantes da companhia, inclusive, participaram da reunião com a EPL. Também participou da reunião o superintendente de Indústria, Comércio e Serviços da Secretaria de Estado de Produção, Indústria, Comércio e Turismo de Mato Grosso do Sul (Seprotur), Ademar Silva Júnior. (*Com informações do Notícias MS)