Canais de Notícia

Logística

Publicada em 17/08/2018

Brasil homologa acordo Paraguai para ponte que vai viabilizar RILA

Comissão dos dois países vai cuidar dos detalhes do projeto agora.

Anderson Viegas

Decreto do presidente Michel Temer (MDB) promulgou o acordo entre o Brasil e o Paraguai para a construção de uma ponte rodoviária binacional sobre o rio Paraguai, entre Porto Murtinho e Carmelo Peralta.

A construção da ponte representa o principal entrave para viabilizar no Brasil a Rota de Integração Latino-Americana (RILA), que vai ligar o país aos portos do Chile, passando pelo Chaco no Paraguai e pela Argentina

Segundo João Carlos Parkinson de Castro, ministro de carreira do Ministério das Relações Exteriores do Brasil, uma comissão com representantes dos dois países vai ser criada e vai cuidar da viabilização da obra, definindo a licitação internacional, financiamento e licenciamento ambiental.

A expectativa, conforme o ministro é que o edital da obra seja lançado ainda este ano e que no começo de 2019 as obras tenham inicio. O projeto tem um custo de aproximadamente R$ 220 milhões e será dividido entre o Brasil e o Paraguai.

Uma emenda da bancada federal de Mato Grosso do Sul conseguiu incluir no Orçamento Geral da União deste ano a destinação via Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) de R$ 56,8 milhões para a construção da ponte.

Em 2017 ano passado, uma expedição formada por empresários de Mato Grosso do Sul e autoridades dos quatro países percorreu todo o trajeto do corredor para analisar viabilidade da rota. A expedição saiu de Campo Grande e depois de chegar a Antofagasta, no Chile, se deslocou até Assunção, no Paraguai, onde acompanhou o governo paraguaio reafirmar seus compromissos com a viabilização do projeto.