Canais de Notícia

Logística

Publicada em 21/12/2012

Federação das Indústria do RJ alerta para risco de falta de energia no País

Segundo entidade, reservatórios de hidrelétricas estão com apenas 29% da capacidade.

Da Redação

A Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) divulgou uma nota em que alerta para o risco de falta de energia elétrica no País em razão da baixa capacidade dos reservatórios das usinas hidrelétricas, que são responsáveis por grande parte do fornecimento nacional.

Segundo a nota da Firjan, a água retida nos reservatórios das usinas hidrelétricas do subsistema Sudeste/Centro-Oeste, onde se concentra a maior parte dos reservatórios do país, representa atualmente apenas 29% da capacidade total de armazenamento. Para evitar que a redução dos reservatórios atinja níveis críticos de risco praticamente todas as termelétricas disponíveis já estão em operação, não havendo mais, portanto, margem para aumento significativo da geração térmica.

A entidade aponta que além disso, a logística de abastecimento dessas usinas, em especial as operadas a óleo combustível e a diesel, também não é trivial e tem enfrentado dificuldades. Soma-se a isso a previsão de chuvas para o futuro próximo estar abaixo da média histórica, o que poderá levar à continuidade de redução da capacidade dos reservatórios.

A Firjan ressalta que diante desse quadro, a possibilidade de ocorrência de eventos de desabastecimento temporário de energia para o fim do ano e início de 2013 aumentou substancialmente, alcançando níveis preocupantes. Concomitantemente, a elevada demanda de gás natural para suprimento das térmicas poderá levar as distribuidoras estaduais a exercer junto aos seus clientes industriais as cláusulas de flexibilidade e de interruptibilidade dos contratos.

Segundo a federação, qualquer um desses eventos citados refletirá em impactos negativos para a atividade industrial e, por isso, a entidade informa que solicitou ao Ministério de Minas e Energia (MME) e a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Energia, Indústria e Serviços do Rio de Janeiro, esclarecimentos e a apresentação de medidas que possam garantir o fornecimento adequado de energia para a atividade industrial e para a população do País.

(*Com informações da Firjan)