Canais de Notícia

Logística

Publicada em 30/10/2014

Novo shiploader de Paranaguá entra no último estágio de montagem

Carregadores vão aumentar em 30% o embarque de granéis sólidos.

Da Appa

Estão bem adiantados os trabalhos de montagem dos novos carregadores de navios do Corredor de Exportação do Porto de Paranaguá. Dois dos quatro novos shiploaders já estão sendo montados no cais do Porto, sendo que o primeiro deles está no último estágio de montagem, no nível quatro dos pórticos superiores.

Isso significa dizer que o equipamento já atingiu os 42 metros de altura. Agora, os trabalhos seguem na montagem da ponteira do carregador – que é a lança que deposita os grãos nos porões dos navios. Uma vez a lança colocada e erguida, o equipamento chegará a 65 metros de altura. O segundo equipamento, que também já está em montagem, está no nível dois do pórtico superior.

“Estamos bem ajustados no comprimento do cronograma. É uma alegria vermos os novos shiploaders tomando forma e realizando um desejo antigo da comunidade portuária. Nossa intenção é que os dois novos carregadores estejam aptos a operar já na próxima safra, entre janeiro e fevereiro de 2015, trazendo benefícios para todo o setor”, afirmou o diretor-presidente da Appa, Luiz Henrique Dividino.

Características

Os novos shiploaders do Corredor de Exportação tem 540 toneladas cada um. O equipamento, bem mais moderno do que o existente, tem gerador próprio, por exemplo. Isso significa dizer que é possível recolher a lança e promover a movimentação de translado (sobre os trilhos) em caso de queda de energia.

Os equipamentos estão aptos para atender navios de grande capacidade, como os “cape size”, que conseguem levar cerca de 125 mil toneladas de carga. Os novos shiploaders atingem velocidade de carregamento de duas mil toneladas por hora.

A aquisição dos equipamentos integram o projeto de modernização e repotenciamento do Corredor de Exportação do Porto de Paranaguá. Os novos carregadores vão proporcionar um aumento direto na produtividade dos embarques dos navios dos granéis sólidos, na ordem de 30%.

Ao todo foram investidos R$ 59,4 milhões, em recursos próprios da Appa, na aquisição dos quatro carregadores. As ligações dos equipamentos às correias transportadoras que compõe o sistema de escoamento do Corredor também estão previstas na obra. Confira a galeria de fotos desta notícia: