Canais de Notícia

Logística

Publicada em 05/03/2014

Adiada a assinatura do contrato de concessão da BR-163 em MS a CCR

CCR vai administrar trecho sul-mato-grossense da Estrada por 30 anos.

Anderson Viegas

A assinatura do contrato de concessão do trecho sul-mato-grossense da BR-163, que estava prevista para ocorrer nesta quinta-feira (6), foi adiada. Segundo o grupo CCR, que venceu o leilão realizado em dezembro do ano passado para administrar a rodovia, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) vai definir uma nova data e local para a assinatura do contrato.

A empresa foi a vencedora do leilão do trecho da BR-163 em Mato Grosso do Sul ao oferecer a menor tarifa básica de pedágio, com o valor de R$ 4,38 para cada cem quilômetros rodados, o que representou um valor de deságio de 52,74%.

Ficará sob responsabilidade da CCR um total de 847,2 quilômetros. O trecho, que abrange as divisas do Mato Grosso e do Paraná, representa um total de 20 municípios pertencentes a Mato Grosso do Sul.

A concessionária terá o direito de operar por 30 anos toda a infraestrutura e o serviço público de recuperação, conservação, manutenção, implantação de melhorias e a ampliação da capacidade da BR-163 no Estado.

A previsão é de que sejam investidos durante os cinco primeiros anos de concessão R$ 3,4 bilhões, de um total de R$ 5,7 bilhões, que contemplam a duplicação completa da rodovia. Ao todo, está prevista também a construção de nove praças de pedágio.