Canais de Notícia

Logística

Publicada em 18/12/2013

CCR compra concessão das BR-163 em MS com 52,74% de deságio

Leilão foi realizado na manhã desta terça-feira (17), na BM&FBovespa, em São Paulo.

Do CanaNews com assessoria

A Companhia de Participações em Concessões (CCR) venceu o leilão para concessão de trecho da rodovia BR-163/MS, realizado pela Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT), na manhã desta terça (17), na BM&FBovespa, em São Paulo. A empresa ofertou um deságio de 52,74% em relação à tarifa-teto.

O edital prevê a execução dos serviços de duplicação, recuperação, manutenção, conservação, operação, implantação de melhorias e ampliação de capacidade de 847,2 km da rodovia BR-163 (MS).

Seis grupos participaram da disputa, e a CPC (controlada pelo grupo CCR) ganhou o leilão após oferecer uma tarifa de R$ 0,0438 por quilômetro rodado ou R$ 4,38 a cada 100 quilômetros. A tarifa-teto havia sido estabelecida em R$ 0,09270/km.

As praças de pedágio deverão ser implantadas em Mundo Novo (km 30/MS), Itaquiraí/Naviraí (km115/MS), Caarapó (km 226/MS), Rio Brilhante (km 314/MS), Campo Grande (km 429/MS), Bandeirantes/Rochedo /Jaraguari (km 537/MS), São Gabriel do Oeste/Camapuã (km 601/MS), Rio Verde (km 705/MS) e Pedro Gomes/Sonora (km 823/MS).

A cobrança da tarifa de pedágio somente poderá ter início após a conclusão dos trabalhos no sistema rodoviário e a execução de 10% das obras de duplicação. A estimativa de investimento soma cerca de R$ 6 bilhões em 30 anos de concessão.

O segmento inicia-se na divisa com o estado de Mato Grosso e termina na divisa com o Paraná, atravessando vinte municípios no estado de Mato Grosso do Sul.