Canais de Notícia

Sustentabilidade

Publicada em 04/07/2013

FMC apoia projeto de proteção às onças firmado no Ethanol Summit

Produção sustentável favorece o aparecimento de onças-pardas nos canaviais.

FMC

Na última quinta-feira (27), a União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA) e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), do Ministério do Meio Ambiente, assinaram um protocolo de intenção com a cooperação da FMC Agricultural Solutions, multinacional agroquímica e líder no fornecimento de cana, do projeto de proteção e conscientização às onças nos canaviais. Boas práticas agrícolas - redução do fogo e à manutenção e recomposição de matas - contribuíram para o aparecimento de onças nos canaviais favorecendo seu deslocamento, reprodução e até mesmo, sua alimentação da fauna local.

Diante desse cenário, o projeto visa contribuir com o processo de renovação populacional da espécie e permitir que eles cumpram seu papel no ecossistema, como predadores de topo da cadeia alimentar da região. Essa ação beneficiará indiretamente os produtores de cana-de-açúcar, uma vez que a onça-parda se alimenta de espécies menores como javalis, lebres e capivaras, responsáveis por perdas significativas de produtividade, já que se alimentam dos brotos da cana-de-açúcar.

O diretor de Marketing da FMC, Marcio Farah, ressalta a importância do apoio a esse projeto. “Estamos engajados nessa iniciativa de recuperação desses animais que equilibram o ecossistema, além de orientar produtores de cana dos cuidados com onça-parda, também viabilizará a reintegração do animal em seu habitat. Mais uma vez, apoiamos um projeto da Unica, pois conseguimos ver os resultados, por meio de boas práticas sustentáveis”.

Marcio comenta também “As onças-pardas têm um grande representação para a preservação da fauna e flora, pois é um dos animais que estão no topo da cadeia alimentar, ou seja, o retorno deste animal em extinção ao Estado de São Paulo é boa demonstração da excelência no manejo e a conservação da biodiversidade que habita os canaviais e seus arredores.”

“Esta pode ser uma oportunidade para ampliarmos o impacto destas ações e, com o apoio do ICMBio, aperfeiçoarmos o que já vem sendo feito,” explica a analista ambiental da UNICA, Beatriz Secaf. A analista da ICMBio, Marcia Rodrigues também fala sobre o projeto. “O envolvimento do setor sucroenergético, que já vem contribuindo para a recuperação da fauna no estado, é essencial em iniciativas como essa para a conservação da biodiversidade por meio da adoção de melhores práticas”.

Projeto

Durante dois anos, o acordo vai viabilizar três eixos de atuação: a capacitação de técnicos das empresas associadas à UNICA por meio de workshops; a elaboração de um manual de procedimentos; e apoio à construção de um centro para reabilitação de animais para que sejam posteriormente reintegrados à natureza e monitorados via satélite. Três filhotes de onça-parda, dois machos e uma fêmea, estão sob cuidados de técnicos do ICMBio para serem devolvidos à natureza, em breve. Serão elaborados materiais informativos e vão equipar funcionários de usinas paulistas de processamento de cana para enfrentar situações de encontrar onças nos canaviais.