Canais de Notícia

Sustentabilidade

Publicada em 11/04/2013

Simpósio em MS discute produção de alimentos com sustentabilidade

Evento começou nesta quarta e vai até sexta-feira, na Famasul, em Campo Grande.

Famasul

Trazer um panorama das demandas do mercado internacional e da capacidade brasileira de produzir alimentos com sustentabilidade. Este é o objetivo do Simpósio internacional sobre iniciativas de sustentabilidade e tendências na Europa e na América Latina: identificação e promoção de sinergias. O evento que acontece na Federação da Agricultura e Pecuária do MS (Sistema Famasul), entre 10 e 12 de abril e será composto, também, por workshops abordando a formação de clusters para exportação e análises da cadeia produtiva da soja e da carne bovina.

O evento terá participação de representantes de entidades do setor agropecuário da Alemanha, Bélgica, Hungria e México. Serão apresentados casos de sucesso de produção sustentável e informações que envolvem o setor de ponta a ponta, do produtor rural ao consumidor final. Além disso, serão discutidas perspectivas e tendências do mercado na Europa e na América Latina.

O Simpósio será realizado nesta quarta-feira (10) e debaterá a sustentabilidade na cadeia de valor da pecuária e da soja no Brasil, a perspectiva para as relações comerciais do agronegócio para a América Latina e a sustentabilidade nas cadeias de produção de alimentos, dentro da experiência da União Europeia.

Especialistas da Bélgica e da Alemanha falarão sobre suas experiências e enfatizarão as perspectivas do mercado europeu. Outro destaque é a palestra de Roberto Zambrano, com o tema: Perspectiva Mexicana sobre a sustentabilidade na cadeia produtiva da carne. Está confirmada ainda a presença do secretário de política agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Neri Geller. O evento é aberto, as inscrições são gratuitas e haverá tradução simultânea inglês-português.

Na abertura, será apresentado o Projeto Salsa que conta com recursos da União Europeia e visa criar instrumentos para estruturação das cadeias citadas, monitorando, indicando gargalos, oferecendo instrumentos de correção e facilitando o contato entre empresas brasileiras e europeias. Segundo o pesquisador da Embrapa e coordenador do projeto, Davi José Bungenstab, o Salsa identifica qual é a demanda europeia e a repassa aos empresários do setor. “O término do projeto é maio de 2014, mas temos o propósito de deixar uma plataforma de comunicação entre empresas brasileiras e europeias. Além disso, pretende mostrar ao consumidor final as informações sobre a origem do alimento”, comenta Davi. O projeto envolve 12 instituições de 10 países e realiza encontros anuais. Desta vez, o Brasil foi escolhido para recepcionar seus integrantes.

No dia 11, será realizado o workshop ‘Clusters para exportação sustentável nas cadeias produtivas de carne bovina e soja’. Dentro da programação há a palestra do assessor técnico do Sistema Famasul, Lucas Galvan, com o tema: O papel da Aprosoja/MS na promoção e sustentabilidade na cadeia produtiva da soja brasileira. Na sexta-feira acontecerá o workshop ‘Propostas de plataforma integrada para análises de sustentabilidade nas cadeias produtivas da carne bovina e soja na América Latina’. Os workshops são fechados para participantes convidados.

O evento é promovido pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Sistema Famasul, Universidade Federal de Viçosa e Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável (GTPS).