Canais de Notícia

Sustentabilidade

Publicada em 25/03/2013

Cresce 38% volume de embalagens recolhidas pelo Campo Limpo em MS

De 303 toneladas no primeiro bimestre de 2012 passou para 420 no mesmo período de 2013.

Anderson Viegas

Cresceu em 38% o volume de embalagens de defensivos agrícolas recolhidas pelo Sistema Campo Limpo em Mato Grosso do Sul no primeiro bimestre de 2013 frente ao mesmo período de 2012, passando de 303 toneladas para 420 toneladas.

Segundo o Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (Inpev), no Estado, o recolhimento dos recipientes cresceu percentualmente mais de seis vezes acima da média nacional. No País, o volume passou de 5.646 toneladas para 5.968, um incremento de 6%.

De acordo com o Inpev, atualmente 94% das embalagens plásticas primarias, aquelas que entram em contato direto com o produto, são devolvidas pelos agricultores nas mais de 400 unidades de recebimento presentes em 25 estados e no Distrito Federal.

Esse índice coloca o País na posição de referência mundial no assunto, ao destinar percentualmente mais embalagens plásticas do que os países que possuem sistemas semelhantes.

Reciclagem

Segundo o Inpev, 95% das embalagens vazias de defensivos agrícolas colocadas no mercado podem ser recicladas, desde que após o uso dos produtos que contém elas passem pela lavagem correta (tríplice lavagem).

Os recipientes que não passaram pela tríplice lavagem e ainda os que não são laváveis, são incinerados.