Canais de Notícia

Sustentabilidade

Publicada em 05/03/2013

Brasil já tem 26 usinas com certificação Bonsucro; 1 em MS

Iniciativa global avalia a sustentabilidade dos produtos fabricados a partir da cana.

Da Redação*

O Brasil já tem 26 usinas sucroenergéticas, sendo uma em Mato Grosso do Sul, que foram certificados pelo Bonsucro, a iniciativa global que avalia a sustentabilidade dos produtos fabricados a partir da cana.

“Esse cenário mostra o comprometimento do setor com a agenda da sustentabilidade. Um avanço tão rápido só foi possível graças a uma cultura corporativa já estabelecida nas empresas, assim como um controle estruturado dos processos sobre o tema,” afirma o gerente de Sustentabilidade da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica), Luiz Fernando do Amaral.

Quase todas as usinas brasileiras certificadas pelo Bonsucro são associadas da Unica. Juntas, elas somam 574 mil hectares (ha), ou seja, 6% da área de cana plantada no País. Porém, Amaral alerta que é preciso ampliar o envolvimento para que o resultado seja mais efetivo.

“Uma certificação como essa só funciona se todos os agentes, do produtor à indústria consumidora, se envolverem profundamente. Infelizmente, até o momento, não temos visto o mesmo nível de comprometimento dos produtores por parte de outros stakeholders, e será fundamental para o processo continuar avançando.”

Com sede em Londres (Inglaterra), o Bonsucro atua como um fórum internacional reunindo produtores, ONGs, traders, redes varejistas, empresas e investidores empenhados no melhoramento contínuo da produção da cana. Ele é reconhecido pela Comissão Européia como uma certificação voluntária que cumpre com os critérios da Diretiva Européia para Energias Renováveis (Diretiva 2009/28/EC).

As empresas certificadas têm atestadas as condições sustentáveis em que seus produtos são fabricados, tornando-os aptos a serem comercializados para países integrantes da União Europeia (UE).

MS

Em Mato Grosso do Sul a primeira usina e até o momento única que obteve a certificação Bonsucro foi a Angélica Agroenergia, da Adecoagro. Mais de 33 mil hectares de cana foram auditados no processo de certificação, resultando numa produção certificada de 170 mil toneladas de açúcar e 125 mil metros cúbicos de etanol.

Desde sua concepção, o modelo de negócios da Adecoagro foca-se na eficiência operacional para atingir baixo custo de produção juntamente com sustentabilidade ambiental e social de forma a garantir a lucratividade no longo prazo.

Confira a lista de usinas certificadas pelo Bonsucro:

Angélica - Adecoagro

Monte Alegre - Adecoagro

Alta Mogiana - Alta Mogiana

Sta Elisa - Biosev

Tropical Bioenergia - BP

Moema - Bunge

Frutal - Bunge

Itapagipe - Bunge

Guariroba - Bunge

São Manoel - Copersucar

Santa Adélia - Copersucar

Conquista - Odebrecht Agroindustrial

Alcidia - Odebrecht Agroindustrial

Rio Claro - Odebrecht Agroindustrial

Maracaí - Raízen

Bom Retiro - Raízen

Costa Pinto - Raízen

Jatai - Raízen

Bonfim - Raízen

Gasa - Raízen

Equipav - Renuka

Iracema - São Martinho

São João Araras - USJ

Quatá Zilor - Copersucar

Barra Grande de Lençois Zilor - Copersucar

São José Zilor – Copersucar

(*Com informações da Unica)