Canais de Notícia

Sustentabilidade

Publicada em 19/02/2013

Volume de embalagens de agrotóxicos recolhidas em MS cresce 87%

De 135 toneladas em janeiro de 2012 passou para 253 toneladas no primeiro mês de 2013.

Anderson Viegas*

O volume de embalagens de defensivos agrícolas recolhidos em Mato Grosso do Sul através do Sistema Campo Limpo cresceu 87% em janeiro de 2013 frente ao mesmo período de 2012, passando de 135 toneladas para 253 toneladas.

O crescimento registrado no Estado percentualmente foi quase dez vezes maior do que a média registrada no País no mesmo comparativo. No Brasil, o incremento foi de 8%, de 2.488 toneladas para 2.689 toneladas.

De acordo com o Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (Inpev), 95% das embalagens vazias de defensivos agrícolas colocadas no mercado podem ser recicladas, desde que após o uso dos produtos elas passem pela lavagem correta (tríplice lavagem).

Os recipientes que não passaram pela tríplice lavagem e ainda os que não são laváveis, são incinerados.

O Inpev representa as empresas fabricantes de defensivos no sistema Campo Limpo. Além das indústrias, compõem a rede de coleta: os agricultores que fazem uso dos produtos, as empresas que fazem a comercialização e ainda o poder público.

Inpev presente em evento sobre cana

Nesta quarta-feira (20), em Dourados, polo do setor sucroenergético em Mato Grosso do Sul, o coordenador regional de operações do Inpev, Hamilton Flandoli, ministrada palestra sobre a logística reversa das embalagens vazias de defensivos durante a mesa redonda que a DuPont promove sobre o uso de maturadores nos canaviais.

A 4ª Mesa Redonda Curavial, nome do maturador da DuPont, será realizada das 9h às 16h15, no Hotel Bahamas. Durante o evento, Flandoli vai discutir a gestão e as práticas adotadas pelo Sistema Campo Limpo.

Segundo o coordenador, a mesa redonda é uma grande oportunidade para capacitar os técnicos das usinas da região sobre os procedimentos adequados para a devolução das embalagens vazias de fitossanitário e, também, fortalecer o compromisso do Inpev na gestão pós-consumo desses recipientes.

(*Com informações do Inpev)