Canais de Notícia

Sustentabilidade

Publicada em 15/06/2015

Uso da água na agricultura é discutido em Corumbá, MS

III Seminário da Rede Agrohidro irá reunir pesquisadores de diversas instituições

Da Embrapa Pantanal

Quais são os impactos causados pela agricultura sobre os recursos hídricos? Como é possível conciliar o desenvolvimento da produção agrícola com o uso sustentável da água e das terras? Estes e outros questionamentos serão debatidos entre os participantes do III Seminário da Rede Agrohidro: “Água na agricultura: desafios frente às mudanças climáticas e de uso da terra”. O evento, que acontece nos dias 15 e 16 de junho no auditório da Embrapa Pantanal em Corumbá, MS, é promovido por meio de uma parceria entre a Embrapa e a Rede Agrohidro, uma rede formada por profissionais da instituição, diversos centros de pesquisa e universidades.

“O projeto busca, em várias regiões de país com situações, clima, tipos de solo e técnicas de manejo agrícola diferentes, avaliar até que ponto o impacto da agricultura sobre os recursos hídricos pode ser amenizado. Pode-se gerar informações e conhecimentos para melhorar o manejo da água, de modo a evitar tanto problemas dentro da própria agricultura quanto em outros setores da sociedade”, diz Carlos Roberto Padovani, pesquisador da Embrapa Pantanal. De acordo com Padovani, é preciso planejamento para que esses recursos sejam usados de maneira eficiente. “Queremos discutir soluções para resolver problemas tanto de erosão quanto de compactação do solo, como fazer uma boa irrigação, problemas de falta de água e sazonalidade climática”.

Para o pesquisador, estudos nessas áreas são indispensáveis para a manutenção das atividades agropecuárias brasileiras nos próximos anos. “A gente tem observado, principalmente em 2015, o caso da escassez de recursos hídricos, a falta de chuva e fatores que aconteceram principalmente na região centro-sul do Brasil, como a falta de água para o abastecimento de reservatórios. Muitos desses reservatórios são fonte de irrigação de áreas agrícolas (...). Isso é uma cadeia que leva a um efeito cascata, que vai acabar, no final das contas, prejudicando o próprio consumidor: se falta chuva, diminui a produção agrícola, aumentam os preços e aumenta a demanda”, afirma.

Juntamente com o seminário, o workshop do projeto “Impactos da agricultura e das mudanças climáticas nos recursos hídricos”, da rede Agrohidro, será realizado de 17 a 19 de junho (também no auditório da Embrapa Pantanal) para que os pesquisadores avaliem e planejem as ações da iniciativa.

As palestras, apresentações de resultados do projeto e exposições de trabalhos do III Seminário são abertas ao público e acontecem nos dias 15 e 16, segunda e terça-feira, das 08h às 18h e das 08h às 20h, respectivamente. Na terça-feira também será realizada a palestra magna do evento, intitulada “Mudanças Climáticas para a região do Pantanal”, ministrada por Gilvan Sampaio (CCST/INPE) às 19h.