Canais de Notícia

Sustentabilidade

Publicada em 17/10/2014

Produção de carne orgânica será discutida em evento em MS

Dia de Campo será realizado entre os dias 29 e 30 de outubro, em Aquidauana.

Da Embrapa Pantanal

Com o objetivo de difundir os aspectos técnicos do desenvolvimento da Pecuária Sustentável e Orgânica no Pantanal, a Embrapa Pantanal em parceria com a ABPO – Associação Brasileira de Produtores de Orgânicos - realizará, nos dias 29 e 30 de outubro, o "Dia de Campo Pecuária Sustentável no Pantanal". O encontro ocorrerá na Fazenda Aguapé, localizada a 50km do município de Aquidauana, em Mato Grosso do Sul. Segundo os organizadores, a reunião tem como principal lema: "A conservação ambiental deve ter seu valor e para que isso ocorra são necessárias ações que busquem valorizar a carne produzida na região, já que a pecuária é a principal atividade econômica na região Pantaneira, e vem sendo desenvolvida há mais de 200 anos com a utilização racional dos recursos naturais".

O público esperado para a "Visita de Campo" é formado por integrantes do GTPS – Grupo de Trabalho de Pecuária Sustentável, empresários da cadeia produtiva da carne além de pecuaristas pantaneiros. A programação será dividida em dois momentos: um composto por palestras sobre tecnologias desenvolvidas pela Embrapa e por parceiros no campo da Pecuária Sustentável e Orgânica, e um outro "O dia de campo" onde os participantes visitarão "estações de campo" nas instalações da fazenda Aguapé, onde é realizada a cria e a engorda dos animais certificados como orgânicos.

Segundo o pesquisador da Embrapa Urbano Gomes – que também é um dos responsáveis pela organização do evento - esta será uma oportunidade de apresentar aos participantes uma verdadeira produção de pecuária extensiva de corte orgânica no Pantanal: "Escolhemos a Fazenda Aguapé para sediar o encontro pois ela representa muito bem a prática pecuária da região, além de já possuir um sistema de produção orgânico implantado", explica o pesquisador.

Pesquisas em Pecuária Orgânica

Em 2011 os pesquisadores da Embrapa Pantanal, juntamente com parceiros da ABPO e WWF, deram início as pesquisas relacionadas a produção de pecuária orgânica no pantanal. Ao longo desses três anos foram realizados estudos de casos de implantação e desenvolvimento de sistemas orgânicos no Pantanal, com levantamento de custos e análises dos pontos que apresentam necessidade de pesquisa analítica.

A partir dos trabalhos desenvolvidos os pesquisadores pretendem confirmar o potencial de uso da pecuária orgânica pantaneira para agregar valor à carne do Pantanal e aumentar os rendimentos do produtor, sem prejudicar a saúde da população e o meio ambiente. "Esta pode ser uma das opções de produção capaz de contribuir para continuar mantendo as boas condições de conservação da região. Os processos de pecuária orgânica seguem critérios de qualidade que incentivam a conservação ambiental, a saúde humana, os direitos dos trabalhadores e o bem-estar animal", relata Urbano, que está à frente das pesquisas sobre o tema.

O pesquisador revela, ainda, que entre os resultados já obtidos com as pesquisas em destaca-se a conclusão do levantamento das estratégias de manejo e das tecnologias já validadas na pecuária de corte convencional que atendem as diretrizes gerais da produção orgânica, a definição dos pontos críticos para conversão do sistema tradicional para o sistema orgânico no Pantanal e a caracterização das propriedades associadas a ABPO, incluindo análises econômicas e ambientais.