Canais de Notícia

Sustentabilidade

Publicada em 14/08/2014

Em MS, cresce 3,3% o recolhimento de embalagens de agrotóxicos

Estado é o oitavo do país no recolhimento deste tipo de recipiente.

Lilianthea Lopes Oliveira Viegas

Levantamento do Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (Inpev) aponta que a quantidade de embalagens de agrotóxicos recolhidas pelo Sistema Campo Limpo em Mato Grosso do Sul passou de 1.739 toneladas no primeiro semestre de 2013 para 1.798 toneladas no mesmo período de 2014, o que indica um crescimento de 3,3%.

Com essa quantidade de embalagens recolhidas, Mato Grosso do Sul permanece, de acordo com o Inpev, como o oitavo estado do país, atrás somente de Mato Grosso (6.664 toneladas), do Paraná (3.386 toneladas), de São Paulo (3.071 toneladas), de Goiás (2.781 toneladas), do Rio Grande do Sul (2.760 toneladas), da Bahia (2.171 toneladas) e de Minas Gerais (2.148 toneladas).

Na próxima segunda-feira (18), o Sistema Campo Limpo promove uma série de atividades em 23 estados brasileiros para difundir o trabalho e conscientizar os produtores e a sociedade da importância do recolhimento das embalagens de agrotóxicos.

Em Mato Grosso do Sul, as ações serão promovidas por oito centrais de recebimento de embalagens em Campo Grande, Chapadão do Sul, Dourados, Maracaju, Naviraí, Ponta Porã, Rio Brilhante e São Gabriel do Oeste.