Canais de Notícia

Sustentabilidade

Publicada em 26/05/2014

Vale investirá cerca de R$ 250 mil em projetos sociais em MS

A escolha dos projetos apoiados foi feita pela população de Corumbá e Ladário.

Vale

Dezessete instituições sociais de Corumbá e Ladário serão beneficiadas pelo Programa Comunidade Participativa, da Vale, em sua edição 2014. A escolha dos projetos apoiados foi feita pela comunidade, por meio de representantes das instituições que se inscreveram. Ao todo serão investidos pela Vale cerca de R$ 250 mil em projetos que abrangem desde construção de espaços e compra de equipamentos para atividades sociais e de saúde, passando por sistema de irrigação, chegando a promoção de cursos e oficinas ao longo do ano.

O Programa Comunidade Participativa é aberto a associações comunitárias, de bairro, religiosas, recreativas e filantrópicas, fundações, cooperativas, organizações da sociedade civil de interesse público (OSCIPs) e organizações sociais legalmente constituídas há, no mínimo, seis meses.

Nove instituições foram escolhidas na categoria Promoção e Proteção Social. São elas a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), o Asilo São José - Liga das Senhoras Católicas da Diocese de Corumbá, a Rede Feminina de Combate ao Câncer, a Associação do Centro de Equoterapia Odilza Miranda de Barros, o Grupo de Prevenção e Apoio às Pessoas Vivendo com AIDS de Corumbá-MS (GAPP), a Associação dos Aposentados e Pensionistas e Pessoas Idosas de Ladário (AAPPIL), o Desafio Jovem Peniel, a Associação de Moradores, Empresários e Trabalhadores de Albuquerque (ASMETA) e o Colégio Imaculada Conceição / Obra Social Madre Mazzarello - Geniquinho.

Cinco instituições serão beneficiadas na categoria Capacitação Profissional. As escolhidas pela comunidade foram a Casa de Recuperação Infantil Padre Antonio Muller (CRIPAM), a Missão Salesiana de Mato Grosso MSMT - Cidade Dom Bosco, a Instituição Adventista Central Brasileira de Educação e Assistência Social - Clube Desbravadores de Corumbá e Ladário, a Associação das Produtoras Artesanais "Mulheres de Fibras" e o Instituto da Mulher Negra do Pantanal (IMNEGRA).

Já a categoria Geração de Emprego e Renda teve três beneficiados: a Paróquia São João Bosco, a Comissão Pastoral da Terra - Diocese de Corumbá e a Associação dos Pequenos Produtores Rurais do Assentamento 72.

Investimentos

Somente no ano passado, o Programa Comunidade Participativa da Vale ajudou as instituições a beneficiarem pelo menos 1,5 mil pessoas. Os projetos contemplados ajudaram a abrir novas perspectivas de vida e a promover a cidadania. Os investimentos em 2013 foram de cerca de R$ 250 mil. De 2010 a 2013, o montante destinado a essas iniciativas chegou a quase R$ 1 milhão.