Canais de Notícia

Sustentabilidade

Publicada em 19/05/2014

Efeito estufa e agrotóxicos serão discutidos na Expoagro

Assuntos serão debatidos em painéis durante a exposição agrícola de Dourados.

Da assessoria

Em 2014, a Feira Agropecuária Internacional de Dourados - MS (Expoagro) completa 50 anos. Neste ano de comemoração, que vai de 23 de maio a 1º de junho, a Embrapa participará, na terça-feira, 27 de maio, com o Painel "Contribuições da Embrapa para Sustentabilidade Agropecuária", das 7h30 às 11h10. O evento será no auditório do Sindicato Rural do Parque de Exposições de Dourados, MS.

No Painel, pretende-se debater temas não somente com o setor agrícola, mas envolver também o público urbano, com a participação de diversos segmentos da sociedade. São temas relacionados à contaminação de recursos hídricos por agrotóxicos, apresentando os trabalhos realizados na Embrapa Agropecuária Oeste (Dourados, MS) - que deram origem a um software que simula o comportamento ambiental de determinados agrotóxicos - e a resultados de pesquisa sobre emissão de gases de efeito estufa em diferentes sistemas de produção.

"A Embrapa tem pesquisas que contribuem para entender melhor os processos de efeito estufa e de contaminação ambiental por agrotóxicos e, eventualmente, que direcionam para algumas práticas agrícolas e modelos de produção que sejam menos impactantes ao meio ambiente e que contribuam para mitigar esses problemas que hoje afligem o mundo como um todo", ressalta Guilherme Lafourcade Asmus, pesquisador e chefe geral da Embrapa Agropecuária Oeste.

Comportamento ambiental de agrotóxicos - o pesquisador Rômulo Penna Scorza Junior, da Embrapa Agropecuária Oeste, falará sobre o tema. Ele apresentará em detalhes os processos relacionados ao comportamento ambiental de agrotóxicos no solo (lixiviação, escoamento superficial e volatilização), bem como suas implicações e consequências.

"Vamos apresentar resultados de pesquisa sobre o comportamento ambiental de agrotóxicos em cenários agrícolas de Mato Grosso do Sul e tendências sobre avaliação de risco ambiental como, por exemplo, uso de ferramentas computacionais", explica Scorza Junior.

Efeito estufa

A pesquisadora Michely Tomazi fará um panorama da emissão de gases de efeito estufa na agricultura, suas implicações tanto na produção agrícola em virtude das mudanças climáticas, quanto na pressão de organizações internacionais sobre a agricultura brasileira.

"Estamos realizando pesquisas, desenvolvidas em rede nacional pela Embrapa, relacionadas ao tema, com ênfase para os trabalhos desenvolvidos em Mato Grosso do Sul. Queremos mostrar ao públicos quais as alternativas de sistemas de produção ou práticas de manejo que contribuem para a redução da emissão de gases e, ao mesmo tempo, promovem o aumento da produção agrícola", afirma Michely.

Lançamento de livro

Neste mesmo dia, às 10h50, no Painel "Contribuições da Embrapa para Sustentabilidade Agropecuária", será lançado o livro "Consórcio Milho-Braquiária", com informações diversas e resultados de pesquisa sobre o tema. A publicação tem como editor técnico Gessí Ceccon, engenheiro agrônomo e analista da Embrapa Agropecuária Oeste.

Cana-de-açúcar

Na parte da tarde do dia 27, às 14h10, a Embrapa Agropecuária Oeste participará do 3º Seminário Sucroalcooleiro, realizado e promovido pela Biosul. A participação da Embrapa será com o tema "O Programa de Cana de Açúcar em Mato Grosso do Sul". O pesquisador Carlos Ricardo Fietz ministrará a palestra " Rede de Monitoramento Agrometeorológico Guia Clima" (para acessar o Guia Clima, clique em www.cpao.embrapa.br/clima).