Canais de Notícia

Sustentabilidade

Publicada em 28/04/2014

Conferência internacional fortalece o ecoturismo e o potencial de MS

Evento está sendo realizado até dia 30 de abril, em Bonito, no Sudoeste do Estado.

Da assessoria

O governador André Puccinelli e o Ministro de Estado de Turismo, Vinícius Lages, acompanhados de especialistas internacionais, participaram da abertura da 8ª Conferência de Ecoturismo e Turismo Sustentável, realizada em Bonito. Um dos maiores eventos mundiais no setor de ecoturismo e turismo sustentável, a conferência tem destaque internacional e pela primeira vez no Brasil o evento está sendo realizado.

O governador André Puccinelli destacou as ações feitas pelo governo do Estado para a promoção do desenvolvimento sustentável, entre elas o Zoneamento Ecológico-Econômico (ZEE). “Bonito está se tornando mais conhecido ainda para o mundo como a sede mundial do ecoturismo e turismo sustentável. É um grande avanço para o Estado de Mato Grosso do Sul receber este evento e um orgulho para os sul-mato-grossenses. O turismo é o quinto pilar da nossa economia e desde que determinamos, em 2008, a construção do Zoneamento Ecológico Econômico (ZEE), estamos trabalhando pelo desenvolvimento sustentável em nosso Estado. Fizemos um diagnóstico para aplicarmos a terapêutica correta e necessária. O que pode e o que não pode fazer no Estado, no sentido de desenvolvimento econômico, alertando para os cuidados para termos o desenvolvimento sustentável. A sede da conferência é uma conquista e uma oportunidade em que especialistas no mundo inteiro estarão trocando informações e conhecimento para termos nosso Estado e o Brasil cada vez mais preservado” afirmou Puccinelli.

Para o ministro do Turismo, Vinícius Lages, Bonito tem destaque nacional e internacional e é um dos roteiros mais conceituados em ecoturismo. “O Brasil é um dos países que mais atrai eventos internacionais, a média de um evento por dia. O turismo de natureza tem crescido a média de 25% ao ano, segundo informações da OMT (Organização Mundial do Turismo). Bonito tem vocação para o ecoturismo. Mato Grosso do Sul é um exemplo que projeta o Brasil para o mundo e consolida os padrões e a qualidade do nosso turismo em níveis internacionais. Estamos avançando e nos estruturando cada vez mais para termos condições de trazer eventos internacionais para nosso país. Nesta 8ª Conferência (ESTC 14) serão trazidas diretrizes e experiências positivas de estratégias que conciliaram o turismo com o desenvolvimento econômico e sustentável. A semente da sustentabilidade está plantada nas ações do Ministério do Turismo” afirmou o ministro Vinícius Lages.

Nilde Brun, presidente da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul, destacou a importância deste evento para o fortalecimento do turismo no Estado. “Concorremos com outros oito destinos mundiais e conseguimos trazer a conferência para Bonito. É uma grande conquista e uma grande responsabilidade também. É resultado de um esforço conjunto do governo do estado, governo federal, Sebrae, Fecomércio, a prefeitura de Bonito e parceiros que se esforçaram para trazer este evento para Bonito. A TIES (The International Ecotourism Society), responsável pela Conferência, é uma instituição conceituada mundialmente. É um importante avanço para o turismo no Estado. Especialistas, estudiosos e pesquisadores mundiais estarão reunidos para troca de conhecimento e práticas sustentáveis que vão contribuir muito para o Mato Grosso do Sul e para todo o Brasil” afirmou Nilde.

Sustentabilidade

O ponto forte da conferência é a sustentabilidade, a construção de uma economia voltada para o fortalecimento do ecoturismo com a participação da comunidade aliada à preservação ambiental.

Para o prefeito de Bonito, Leonel Lemos, Bonito está no roteiro de turistas do mundo inteiro e precisa cada vez mais se estruturar para receber as pessoas. “Temos que nos aprimorar cada vez mais para recebermos os turistas e visitantes do mundo inteiro, qualificar os trabalhadores e fortalecer o setor empresarial. O poder executivo tem que apoiar a iniciativa privada com investimentos e distribuição de renda com emprego para a população. É uma grande satisfação receber aqui em Bonito este evento internacional e é o resultado de todo nosso trabalho” afirmou o prefeito de Bonito.

A ESTC 2014 é um marco não apenas para Bonito e Mato Grosso do Sul, mas também para as pessoas. O desenvolvimento sustentável transforma a realidade das comunidades. O ecoturismo tem a capacidade de transformar a vida da comunidade e gerar renda para as famílias, unindo a preservação ambiental ao desenvolvimento econômico, proporcionando qualidade de vida. Esta é a visão da presidente da TEIS, Kelly Bricker.

“A base do turismo sustentável e do ecoturismo é a cultura local e o desenvolvimento econômico das famílias aliado à preservação do meio ambiente. É fundamental a parceria dos setores público e privado para a promoção da sustentabilidade. O ecoturismo tem o poder de transformar positivamente a realidade de uma comunidade, com a geração de renda e a preservação ambiental” afirmou Kelly Bricker.