Canais de Notícia

Sustentabilidade

Publicada em 11/10/2013

Faber-Castell ressalta a importância do consumo sustentável

A empresa, que tem a sustentabilidade e responsabilidade socioambiental entre seus principais pilares de atuação.

Faber-Castell

Falar em consumo consciente é muito mais que detalhar os hábitos e comportamento de compras da população. É preciso levar em consideração os impactos ambientais e sociais de um processo produtivo, desde a concepção de um bem ou serviço até a destinação apropriada dos resíduos, e avaliar se este produto gera ou não impactos positivos ao meio ambiente.

Neste Dia do Consumo Consciente, lembrado em 15 de outubro, a Faber-Castell alerta sobre a importância do tema e abre a discussão sobre o assunto. A empresa, que tem a sustentabilidade e responsabilidade socioambiental entre seus principais pilares de atuação, se preocupa com o consumo consciente, desde o início da cadeia produtiva até o descarte correto de produtos que não são mais utilizados dentro de toda categoria de instrumentos de escrita.

O respeito ao meio ambiente e ao consumo consciente dos recursos naturais é destaque na produção dos EcoLápis da empresa, feita com 100% de madeira reflorestada e certificada pelo FSC® (Forest Stewardship Council). Hoje, as florestas da Faber-Castell ocupam 9.600 hectares, divididos em 11 parques na região de Prata (MG). Desse total, 2.600 hectares são de áreas de preservação permanentes e 6.700 de áreas plantadas com Pinus caribaea var. hondurensis - matéria-prima para a produção dos seus EcoLápis, também certificados pelo FSC®.

Parceria de sucesso

Além das ações sustentáveis nos seus processos produtivos e muito antes de se discutir a questão da logística reversa neste setor, a Faber-Castell saiu na frente e estabeleceu uma parceria com a TerraCycle para um programa de coleta que permite a transformação de milhares de produtos de diversas marcas e suas respectivas embalagens em matéria prima reciclada.

Desde o ano passado, a Brigada de Instrumentos de Escrita Faber-Castell coletou e reciclou mais de 150 mil unidades de lápis, lápis de cor, lapiseiras, canetas, canetinhas, borrachas, apontadores, destaca texto, marcadores permanentes e marcadores para quadro branco que não eram mais utilizados. Todo o material, que teria como destino lixões ou aterros sanitários, foi transformado em matéria-prima reciclada para novos produtos, o que evita a extração de novos recursos da natureza.

O programa conta com a ajuda do consumidor, que pode se inscrever no Programa de Coleta e na Brigada de Instrumentos de Escrita Faber-Castell gratuitamente, por meio do site (http://www.terracycle.com.br/pt-BR/brigades/brigada-de-instrumentos-de-escrita-faber-castell.html).