Canais de Notícia

Agrícola & Iindustrial

Publicada em 18/10/2012

MS já moeu 68,7% da cana prevista para a safra 2012/2013

Segundo Biosul, usinas do Estado já processaram 26,54 milhões de toneladas de cana.

Anderson Viegas

Mato Grosso do Sul moeu até a segunda quinzena de setembro 26,54 milhões de toneladas de cana, o que representa 68,7%, do total previsto para a safra 2012/2013, que é de 38,6 milhões de toneladas, segundo estimativa da Associação dos Produtores de Bioenergia do Estado (Biosul).

O volume já processado pelas 22 usinas sucroenergéticas em operação no Estado até está quinzena é 3,28% superior ao do mesmo período do ciclo 2011/2012, quando 25,69 milhões de toneladas haviam sido moídos.

A Biosul reitera neste novo levantamento a previsão de que a moagem do Estado deve atingir os 38,6 milhões de toneladas o que vai representar um incremento de 14,07% em relação a safra passada quando foram moídas 33,8 milhões de toneladas.

Com esse volume de matéria-prima disponível, as usinas devem aumentar também sua produção de etanol e açúcar. A do A do alimento que foi de 1,587 milhão de tonelada na safra 2011/2012 deve chegar a 1,919 milhão de tonelada no ciclo 2012/2013 (crescimento de 20,92%) e a do biocombustível passar de 1,631 milhão de litros para 1,989 milhão de litros (21,95% a mais).

"Ainda não estamos com o aumento esperado, mas se o clima não atrapalhar novamente, poderemos passar dos 3,8%atuais para os 14% estimados", aponta o presidente da Biosul, Roberto Hollanda Filho.

Cana com mais qualidade

A quantidade de açúcares totais tecuperáveis (ATR) por tonelada de cana-de-açúcar atingiu na última quinzena de setembro 158,45 kg, valor 10,43% maior do que quando comparado com a mesma quinzena da safra anterior. Já no acumulado da safra, o ATR/TC está em 136,68 kg.