Canais de Notícia

Agrícola & Iindustrial

Publicada em 20/02/2013

Em MT, Barralcool faz planejamento para manutenção na entressafra

Setores de qualidade e industrial no Grupo Barralcool fazem parceria de sucesso.

Da Redação

Nas últimas décadas a manutenção deixou de ser uma simples atividade de reparo, a mesma não tinha um planejamento estratégico para o acompanhamento, permitindo assim o seu gerenciamento. Nos dias atuais o planejamento da manutenção é importantíssimo para que todos trabalhem de forma sincronizada, e os recursos sejam aplicados de forma correta, no momento adequado, garantindo assim a disponibilidade dos equipamentos para uso e, consequentemente, maior produtividade.

O Grupo Barralcool, visando gerenciar de forma mais efetiva a manutenção na entressafra, está utilizando métodos para o planejamento, controle e execução das atividades relacionadas à manutenção. Além da necessidade de instalar equipamentos de última geração, com os mais modernos sistemas mecânicos e eletroeletrônicos, buscando um período menor na manutenção e ganhos economicamente viáveis, a organização intensificou o acompanhamento da manutenção através de cronogramas e a realização de reuniões com todos os gestores envolvidos e ainda a participação de prestadores de serviços terceirizados.

Diante deste cenário, está sendo possível identificar as manutenções com o maior grau de complexidade e pontos que requerem atenção especial, sempre visando atender as datas previstas no cronograma, essencial ao alcance dos objetivos e metas do planejamento.

Segundo José Raimundo- gerente da área industrial sucroalcooleira do Grupo Barralcool – o processo de manutenção teve um upgrade neste ano, pois contou com uma nova parceria, que é a ligação ao setor de Qualidade, garantindo assim um planejamento mais eficaz. “Estamos alimentando a área de qualidade com todas as informações para que o cronograma de execução seja cumprido dentro do prazo.

A ideia é discutir os pontos e agir, cobrando a responsabilidade das partes envolvidas, para desenvolvermos ações imediatas sobre as pendências.

“A princípio, para o Controle de Qualidade, foi um trabalho intensivo, pois tivemos que buscar dados com toda a área industrial juntamente com os prestadores de serviços terceirizados para unir todas as informações de planejamento da manutenção, realizar as reuniões com todos os responsáveis, demonstrar o andamento e definir planos de ações para os pontos relevantes da manutenção que podem causar impactos no cronograma. Hoje estamos a 50 dias do início da safra e notamos que este processo apresentou maior fluidez, tanto na identificação do problema quanto na solução a ser tomada, um reflexo do maior envolvimento das áreas”, afirma Leandro Patrocínio, Supervisor de Qualidade e Certificações do Grupo Barralcool.