Canais de Notícia

Agrícola & Iindustrial

Publicada em 24/02/2015

MS entra na segunda quinzena de fevereiro com 44,5% da área de soja colhida

Agricultores já colheram produção de 1,024 milhão de hectares.

Anderson Viegas

Os produtores rurais de Mato Grosso do Sul colheram até o dia 20 de fevereiro, 44,5% da área cultivada com soja no Estado, o equivalente a 1,024 milhão de hectares de um total de 2,300 milhões de hectares plantados com a oleaginosa no ciclo 2014/2015.

Os dados são da circular técnica do Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio (Siga), da Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul (Aprosoja/MS), que foi divulgada nesta terça-feira (24).

Segundo o Siga, quando comparada a evolução da colheita da soja das safra 2014/2015 com a 2013/2014 neste mesmo período, o ciclo atual apresenta um atraso de 25%, já na temporada anterior o percentual de áreas já colhidas chegava a 70%.

A circular revela ainda que os municípios do centro-norte do Estado são os que estão com a colheita mais atrasada, com média de 38,1%, enquanto que os sudoeste e sudeste estão mais adiantados, com média de 51,4%.

O atraso na colheita ocorre em razão de um adiamento no plantio da maioria das lavouras, que foi provocado por um período de estiagem logo após o fim do período do vazio sanitário, entre setembro e outubro de 2014.

Safrinha de milho

A medida que avança a colheita da soja, aumenta também o percentual de plantio de milho safrinha, cultura que é semeada logo após a retirada da oleaginosa dos campos, no sistema de rotação. De acordo com o Siga, 36,6% da área prevista para ser cultivada na safrinha 2014/2015 já foi semeada.