Canais de Notícia

Agrícola & Iindustrial

Publicada em 15/12/2012

Lucas do Rio Verde, em MT, pode ganhar usina de etanol de milho

Projeção é de processamento de oito milhões de sacas e produção de 190 milhões de litros de etanol.

Da Redaçaõ*

Depois da consolidação de projetos importantes, como o Lucas do Rio Verde Legal e a instalação de grandes indústrias, mudando o perfil econômico do município, Lucas do Rio Verde aposta agora na produção de etanol a base de milho.

A iniciativa ainda é novidade em Mato Grosso, mas promete revolucionar a economia da região, uma vez que o Estado é o maior produtor de milho do País, com 14,7 milhões de toneladas na última safra.

Segundo o prefeito Marino Franz, os estudos de viabilidade econômica começaram no início deste ano e já estão bem avançados. Serão investidos U$ 100 milhões e a previsão é que a unidade comece a ser construída no segundo semestre de 2013.

Serão processados inicialmente oito milhões de sacas de milho e extraídos 190 milhões de litros de álcool, através de um processo biológico de produção, sem a utilização de substâncias químicas e com aproveitamento do DDG (grãos secos por destilação, sigla em inglês), na produção de ração.

Na manhã desta quarta-feira (12), pesquisadores e representantes de grupos americanos, responsáveis pela implantação de mais de cem indústrias nos Estados Unidos da América estiveram em Lucas do Rio Verde e ficaram impressionados com o potencial econômico da região.

Para o prefeito, a nova alternativa pode se tornar em médio prazo um importante incremento não somente na economia do município, como em todo o Estado. Na última safra, Lucas do Rio Verde colheu mais de um milhão de toneladas de milho, com boa parte da produção exportada para Ásia e Europa.

“Com a indústria de etanol, vamos mais uma vez incentivar a produção de milho na região, agregar valor a nossa matéria-prima, gerar empregos e renda para a população local.”

O projeto prevê ainda a produção de etanol, a base de sorgo, também produzido na região.

(*Com informações da assessoria da prefeitura)