Canais de Notícia

Agrícola & Iindustrial

Publicada em 26/11/2014

Mapa divulga zoneamento agrícola de nove culturas

Os produtores devem seguir as recomendações para ter direito ao seguro rural.

Do Mapa

A Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento publicou nessa segunda-feira (24), no Diário Oficial da União, 81 portarias de Zoneamento Agrícola de Risco Climático (ZARC), ano safra 2014/2015, para as culturas de amendoim, cevada (sequeira e irrigada), consórcio milho x braquiária, feijão 2ª safra, girassol, mamona, milho (1ª e 2ª safra), sorgo granífero e trigo (sequeiro e irrigado).

Nas portarias de ZARC são apresentadas orientações aos produtores quanto aos municípios e épocas mais adequadas ao plantio, além da relação de cultivares indicadas para cada localidade. Para fazer jus ao Proagro (Programa de Garantia da Atividade Agropecuária), ao Proagro Mais (agricultura familiar) e à subvenção federal ao prêmio do seguro rural, o produtor deve observar as recomendações destas normativas.

Saiba mais

O Zoneamento Agrícola de Risco Climático é um instrumento de política agrícola e gestão de riscos na agricultura. O estudo é elaborado com o objetivo de minimizar os riscos relacionados aos fenômenos climáticos e permite a cada município identificar a melhor época de plantio das culturas, nos diferentes tipos de solo e ciclos de cultivares. A técnica é de fácil entendimento e adoção pelos produtores rurais, agentes financeiros e demais usuários.

São analisados os parâmetros de clima, solo e de ciclos de cultivares, a partir de uma metodologia validada pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e adotada pelo Ministério da Agricultura. Desta forma, são quantificados os riscos climáticos envolvidos na condução das lavouras que podem ocasionar perdas na produção. Esse estudo resulta na relação de municípios indicados ao plantio de determinadas culturas, com seus respectivos calendários de plantio.

O Zoneamento Agrícola de Risco Climático foi usado pela primeira vez na safra 1996 para a cultura do trigo. Recebe revisão anual e é publicado na forma de portarias, no Diário Oficial da União e no site do ministério. Atualmente, os estudos de zoneamentos agrícolas de risco climático já contemplam 40 culturas, sendo 15 de ciclo anual e 24 permanentes, além do zoneamento para o consórcio de milho com braquiária, alcançando 24 Unidades da Federação.