Canais de Notícia

Agrícola & Iindustrial

Publicada em 13/10/2014

Estiagem interrompe plantio da soja em MS, diz entidade

Produtores semearam apenas 4% da área que será plantada com o grão.

Da Aprosoja/MS

A estiagem que domina o clima de Mato Grosso do Sul fez com que os produtores rurais do estado recolhessem as máquinas e paralisassem o plantio à espera da chuva. De acordo com os últimos dados do Siga - Sistema de Informações Geográficas do Agronegócio, mantido pela Aprosoja/MS - Associação dos Produtores de Soja de MS, até o momento apenas 4% da área destinada ao plantio de soja foi plantada, o que corresponde a 92 mil hectares.

A região mais afetada pelo clima seco é o Norte do Estado, onde estão localizados importantes municípios produtores, como Coxim e São Gabriel do Oeste. Porém, a interrupção do plantio ainda não é motivo de preocupação, afirma o gestor técnico do Sistema Famasul - Federação da Agricultura e Pecuária de MS, Lucas Galvan. "A pausa imposta pelas condições climáticas até agora não compromete a qualidade da produção", avalia o técnico.

O Cemtec - Centro de Monitoramento de Tempo, do Clima e dos Recursos Hídricos de Mato Grosso do Sul prevê estiagem para os próximos dias. "A estimativa é de que as precipitações pluviométricas ocorram somente a partir da segunda quinzena do mês, em quase todo o Estado, mas principalmente na região Sul", afirma Cátia Braga, meteorologista do Cemtec. "Estamos vivendo um período de alta pressão, onde as temperaturas são altas e a umidade do ar baixa, entre 15% e 20%", completa a especialista.