Canais de Notícia

Economia

Publicada em 07/05/2015

Audiência Pública nesta quarta debate crise na mandiocultura

Produtos alegam que custo de produção é maior que a remuneração do produto.

Da Assembleia

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul realiza Audiência Pública com o tema Aspectos Econômicos na Cadeia Produtiva da Mandioca em MS, nesta quinta-feira (7/5), a partir das 14h, no plenário Deputado Júlio Maia. A proposição é da Comissão de Agricultura, Pecuária e Políticas Rural, Agrária e Pesqueira que tem como presidente Marcio Fernandes (PTdoB) e vice-presidente João Grandão (PT).

O objetivo da audiência é debater medidas urgentes para resolver a crise no setor, aperfeiçoar a legislação e auxiliar os produtores. Atualmente, os custos de produção praticamente inviabilizam o negócio, na avaliação dos produtores. As fecularias pagam, em média, R$ 150,00 por tonelada da fécula de mandioca, enquanto o custo de produção está em, aproximadamente, R$ 210,00.

Segundo os últimos dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a área plantada de mandioca é superior a 30 mil hectares em Mato Grosso do Sul, o que coloca o Estado como o segundo maior produtor do país. As 20 fecularias em atuação produzem, em média, 130 mil toneladas por ano. Devem participar da audiência os superintendentes do Banco do Brasil e Sicredi, além de autoridades e demais representantes do setor.