Canais de Notícia

Economia

Publicada em 05/03/2015

MS registra queda de 6,78% na receita das exportações no 1º bimestre

Agronegócio cocupou as cinco primeiras posições do ranking de receita.

Anderson Viegas

Mato Grosso do Sul registrou uma queda de 6,78% na receita com as exportações entre janeiro e fevereiro de 2015 em comparação com o mesmo período de 2014, com o faturamento caindo de US$ 619,846 milhões para US$ 577,835 milhões, segundo informações do Sistema de Análise das Informações de Comércio Exterior via internet (Aliceweb), do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

Conforme o Aliceweb, o agronegócio com seus produtos ou matérias-primas ocupou as cinco primeiras posições do ranking de receita com as exportações sul-mato-grossenses no período. Juntos, a celulose, o milho em grãos, o açúcar, a carne desossada e congelada de bovinos e a soja em grãos representou um faturamento de R$ 406,406 milhões, o equivalente a 70,33% do total exportado pelo estado.

A liderança do ranking de Mato Grosso do Sul no primeiro bimestre deste ano ficou com a celulose, com uma receita de US$ 154,214 milhões, mas 6,74% inferior a do mesmo intervalo de tempo do ano passado que foi de US$ 165,345 milhões. Depois aparecem o milho, com US$ 66,142 milhões, o açúcar, com US$ 65,319 milhões, a carne desossada e congelada de bovinos, com US$ 62,525 milhões e a soja em grãos, com US$ 58,204 milhões.

A celulose, principal produto comercializado pelo estado no mercado internacional neste início de ano foi vendida para 19 países, sendo o maior comprador a China, com 136,550 mil toneladas, o equivalente em receita a US$ 58,603 milhões.