Canais de Notícia

Economia

Publicada em 12/02/2015

Boa safra cria expectativa positiva, diz secretário de Fazenda de MS

Desempenho do agronegócio deixa governo animado em relação à arrecadação.

Da TVE

A perspectiva de uma boa safra de grãos cria expectativa positiva em relação à arrecadação do Estado, disse nessa quarta-feira o secretário de Fazenda, Márcio Monteiro, em entrevista ao Jornal do Rádio, da 104 FM, emissora do governo. Segundo o secretário, as estimativas do agronegócio contrapõem ao cenário de retração da economia em todo País.

Márcio Monteiro disse que apesar das adversidades climáticas, como os veranicos que atingiram algumas regiões produtoras e provocaram o retardamento da colheita, Mato Grosso do Sul tem estimativas positivas por conta do desempenho do agropecuário, a base da economia do Estado.

Durante a entrevista ao Jornal do Rádio da 104 FM, Márcio Monteiro disse que a safra pode crescer até 8%. Baseado ainda nas estimativas da Associação dos Produtores de Soja (Aprosoja), o secretário de Fazenda mencionou também a previsão de aumento da safra do milho em 6%. De acordo com as estimativas da Aprosoja, a safra de soja pode chegar a 6 milhões e 500 mil toneladas.

Márcio Monteiro disse que a preocupação é com o escoamento da safra, mas o governador Reinaldo Azambuja está priorizando ações para assegurar meios e alternativas de escoamento de carne e grãos.

O objetivo doe governo é viabilizar um sistema intermodal de transporte, permitindo que parte da safra seja escoada através dos portos de Ladário, Corumbá e Porto Murtinho. A longo prazo o governo busca a viabilização de ferrovias. A logística de transporte é fundamental para estimular a produção, pois a torna mais competitiva no mercado consumidor.

“O governador Reinaldo está cobrando agilidade do governo federal no processo de licitação das estradas de ferro e aguarda, a exemplo da BR 163, a privatização dos outros dois eixos rodoviários estratégicos, as BRs 262 e 267”, disse o secretário de Fazenda.

De acordo com o secretário de Fazenda, o governador Reinaldo Azambuja elegeu a logística como uma das prioridades justamente em razão da eficiência do agronegócio. O desempenho da agricultura e da pecuária é fundamentais para a estabilidade da receita do Estado, principalmente nesse cenário da economia.

Além do radialista Joel Silva e da jornalista Neiba Ota, participou da entrevista com o secretário de Fazenda Márcio Monteiro o diretor presidente das emissoras do Estado, jornalista Bosco Martins.