Canais de Notícia

Economia

Publicada em 04/02/2015

Exportação de madeira certificada cresceu 10% em 2014

Junto com celulose e papel, setor florestal vendeu US$ 10 bi ao exterior.

Do Mapa

A indústria de base florestal no Brasil ampliou suas vendas ao exterior em 2014. As exportações de celulose, papel e madeira foram de US$ 5,29 bilhões, US$ 1,93 bilhão e US$ 2,73 bilhões, respectivamente. Os dados são da Secretaria de Política Agrícola (SPA), do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

O valor da produção primária do setor florestal no país ultrapassa R$ 13 bilhões anuais e o segmento emprega cerca de 4,5 milhões de pessoas. As florestas plantadas ocupam 7,6 milhões de hectares, menos de 1% da área produtiva do país, mas fica em terceiro lugar no saldo da balança comercial, atrás dos complexos soja e carne. Esse setor responde por 75% de tudo o que é consumido pelas indústrias de base florestal.

Segundo estimativas, o produto interno bruto setorial é da ordem de US$ 56 bilhões, o que representa 1,2% de toda a riqueza gerada pelo país e cerca de 24% do valor adicionado ao PIB pelo setor agropecuário.

Plano Nacional de Desenvolvimento de Florestas Plantadas

O Decreto Nº 8.375, de 11 de dezembro de 2014, instituiu a Política Agrícola para Florestas Plantadas, e definiu o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) como responsável pela elaboração do Plano Nacional de Desenvolvimento de Florestas Plantadas (PNDF), com horizonte de dez anos.

O PNDF deverá conter um diagnóstico da situação do setor de florestas plantadas, incluindo seu inventário florestal; uma proposição de cenários, incluindo tendências internacionais e macroeconômicas; e metas de produção florestal e ações para seu alcance. Também foi criada a Comissão Setorial de Florestas Plantadas, no âmbito do Mapa. A meta do Ministério é apresentar as primeiras políticas para florestas plantadas na divulgação do Plano Agrícola e Pecuário 2015/16.