Canais de Notícia

Economia

Publicada em 01/12/2014

Custo maior e produtividade estagnada ameaçam o setor sucronergético

Seminário em Ribeirão Preto discute a crise da agroindústria canavieira.

Da assessoria

A agroindústria canavieira nacional já foi a mais competitiva do mundo, mas um conjunto de fatores envolvendo mecanização dos canaviais, entraves logísticos, comerciais e econômicos, fez com que o Brasil perdesse o posto para competidores no mercado mundial de açúcar. Por exemplo, o custo para a produção e exportação de açúcar da Tailândia está em 17,9 centavos de dólar por libra-peso e o do Brasil em 18,7 centavos por libra-peso. A baixa capacidade de armazenagem de açúcar no País, apenas em 40%, se apresenta como o maior obstáculo para que o setor consiga melhores preços no mercado mundial.

Outro fator que pesa é a variação do chamado "custo estrutural" do setor, com altas anuais em um cenário de preços estáveis de etanol e açúcar. Como aumento salarial e custos de arrendamento de terra, que passaram de R$ 8 por tonelada de cana produzida, para R$ 15 a R$ 17 por tonelada.

Aumentar a produtividade e reduzir custos são as saídas para o setor voltar a ser competitivo. Para apresentar casos de sucesso, debater o cenário do setor e mostrar onde estão as oportunidades, o Grupo IDEA reúne no 13º Seminário Produtividade e Redução de Custos da Agroindústria Canavieira, um time de especialistas.

São eles: Antonio de Padua Rodrigues, diretor-técnico da UNICA; Dib Nunes Jr, presidente do Grupo IDEA; Eduardo Costa Carvalho, da Sucden; Marcos Fava Neves, FEA/USP/Markestrat; Paulo Adalberto Zanetti, CEO da Renuka; Luiz Carlos Dalben, diretor da Agrícola Rio Claro; Rodrigo de Ávila Mariano, Grupo Clealco; Gaspar Korndorfer, Federal de Uberlândia; Herbert Del Petri, grupo Noble; Victor Campanelli, Agro-pastoril Campanelli; Marcos Françóia, MBF Consultoria; Paulo Donadoni, BAYER CropsScience; e Marcos Guimarães Landell, do IAC.

O 13º Seminário Produtividade e Redução de Custos da Agroindústria Canavieira acontece nos dias 3 e 4 de dezembro, no Centro Cana do IAC, em Ribeirão Preto. Mais informações e inscrições pelo site www.ideaonline.com.br.