Canais de Notícia

Economia

Publicada em 25/11/2014

Expo Nelore MS fatura R$ 17 milhões com leilões

Evento terminou neste domingo, em Campo Grande.

Da Nelore MS

A Expo Nelore MS, evento voltado para a promoção da raça nelore que terminou neste domingo (23), em Campo Grande, registrou um faturamento de R$ 17 milhões nos leilões. O valor, mantém a feira entre as três maiores do país em movimentação econômica.

Foram ao todo dez dias de evento com um leilão por dia e julgamentos de 400 animais da raça nelore de seis estados brasileiros.

Tradicionalmente conhecido e com transmissão nacional o leilão 42 Cícero de Souza foi o de maior contribuição para o recorde de faturamento na edição de 2014 da Expo Nelore MS, com soma dos arremates que se aproximou da casa dos R$ 5 milhões.

Segundo o presidente da Associação Sul-Mato-Grossense de Criadores de Nelore, Thiago Morais, os valores condizem com a qualidade dos bovinos. “Aqui foram leiloados gado com alta carga genética que contribuirão significativamente para a formação do rebanho dos compradores. Esses animais vão oferecer rentabilidade significativa devido suas características que proporcionam a formação de um plantel rico em estrutura física, com maior ganho de peso em menos tempo”, destaca Morais ao ressaltar que a edição do ano seguinte já começa a ser desenhada com surpresas para o público e criadores.

Quanto ao julgamento animais de Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Rio de Janeiro, Paraná, Minas Gerais e São Paulo entraram em pista e foram avaliados por juízes que fizeram o ranking das melhores rezes da raça nelore. “A carga genética dos animais que participaram da competição é elevada, isso pode ser observado pela conformação de carcaça e o biotipo que sugere uma maior produção de carne com o animal ainda precoce”, afirmou o veterinário integrante da comissão julgadora, Antônio Carlos de Souza.

A grande campeã do julgamento premiada neste domingo (23) foi a vaca Naomi Fiv J.Garcia, da Fazenda Cachoeira 2C, de Sertanópolis (PR) e o grande campeão foi o Drink FIV da 42, da Fazenda Serra Dourada, de Terenos (MS).

Outras 12 categorias dividiram os animais inscritos: novilha menor, novilha maior, fêmea jovem, fêmea adulta, progênie de mãe, bezerro, júnior maior, júnior menor, touro jovem, touro sênior e progênie de pai. Todos foram avaliados por três juízes técnicos responsáveis pelo ranking da raça nelore de Mato Grosso do Sul e região.