Canais de Notícia

Economia

Publicada em 03/10/2014

Consultoria INTL FC Stone estima safra brasileira de soja em 93,2 mi de t

Já a área de milho para a safra de verão 2014/15 deverá ser menor.

Da assessoria

A estimativa de safra de outubro da INTL FCStone, consultoria de gerenciamento de risco com foco em commodities, elevou a produção brasileira de soja para 93,2 milhões de toneladas na safra 2014/15 após ajustes nas áreas plantadas dos estados.

O plantio já teve início em algumas das principais regiões produtoras da oleaginosa, como Paraná e Mato Grosso, e o clima observado até o momento tem sido favorável. As chuvas retornaram a essas regiões, ajudando a recompor a umidade do solo.

Para os próximos meses, a previsão climática indica um período de chuvas dentro da normalidade na maior parte dos estados, o que pode ser benéfico para as lavouras. A ocorrência de um El Niño mais fraco, porém, deixa em alerta para a região Sul do país, que pode sofrer com secas prolongadas.

Milho, área deverá ser menor

A estimativa da companhia, no entanto, reduziu a área plantada de milho na safra 2014/15 de verão. Esse ajuste ocorreu após revisões feitas nos números da região sul, onde o plantio do milho já está bastante avançando e demonstra uma queda de área maior que a esperada anteriormente.

Com isso, a área cultivada no verão ficou em 6,12 milhões de hectares, uma diminuição de 1,5% frente ao nível de setembro e 6,13% inferior à área da primeira safra 2013/14. Com esse ajuste de área na região sul e mantidas constantes as produtividade de todas as regiões do país, o rendimento médio da primeira safra ficará em 4,97 toneladas por hectare, o que, se confirmado, resultará em uma produção de 30,4 milhões de toneladas do cereal no verão.

Mais uma vez a produção da safra de inverno 2014/15 foi mantida inalterada em relação ao ciclo 2013/14. Entretanto, destaca-se que houve revisões nos números da “safrinha” 2013/14, com aumento de produtividade e, consequentemente, de produção. Considerando a estimativa para a primeira safra 2014/15 e mantendo os números revisados do ciclo de inverno 2013/14 também para 2014/15, a produção total alcançará 76,88 milhões de toneladas.

Com o aumento da produção da segunda safra 2013/14, os estoques de passagem devem ficar bastante elevados, em 14,79 milhões de toneladas. Assim, para a safra 2014/15, se projeta exportações de 18 milhões de toneladas e consumo interno de 55,5 milhões de toneladas, os estoques finais alcançarão 18,67 milhões de toneladas, considerando a produção de 76,88 milhões de toneladas para o ciclo como um todo.