Canais de Notícia

Economia

Publicada em 29/09/2014

Semana aprofundou as perdas da soja em Chicago

Cotações caíram para seu nível mais baixo em mais de quatro anos.

Da Agrinvestor Intelligence

Os preços da soja no mercado futuro da Bolsa de Chicago fecharam a sexta-feira com acentuada queda de até 12 pontos e terminaram a semana também com forte desvalorização líquida: o contrato de novembro perdeu 47 pontos e o de maio 44 pontos, segundo o boletim Sojanews, da Agrinvestor Intelligence.

A semana fechou com os preços nos seus menores níveis em mais de quatro anos, sob pressão da colheita da nova safra americana e sua perspectiva de produção recorde, que alguns analistas já estimam que possa até superar os 106,5 milhões de toneladas do último relatório oficial do USDA. O bom comportamento da demanda limita as perdas, mas não tem força para superar a pressão da oferta. Na semana entrante o mercado estará de olho na divulgação, terça-feira, do relatório sobre a posição dos estoques trimestrais dos EUA em 1º de setembro, um número importante porque significará o estoque de passagem para o novo ano comercial 2014/15 que começou nessa data.

No Brasil, o câmbio valorizado e os prêmios positivos nos portos ainda dão alguma sustentação aos preços internos da soja. O dólar comercial encerrou a sexta-feira em baixa de 0,6%, cotado a R$ 2,414 para compra e R$ 2,416 na venda, mas na semana o saldo líquido ainda foi de boa valorização de 1,8%.