Canais de Notícia

Economia

Publicada em 23/09/2014

Cotações da soja caem ainda mais na bolsa de Chicago

Início da colheita da nova safra americana pressiona preços.

Da Agrinvestor Intelligence

O mercado futuro de soja na Bolsa de Chicago fechou o pregão da segunda-feira com preços novamente em recuo acentuado, perdendo dois dígitos nos principais contratos, em até 20 pontos, segundo o boletim Sojanews, da consultoria Agrinvestor Intelligence.

O mercado foi pressionado pelo início da colheita da nova safra americana, com boas produtividades, confirmando a tendência de uma safra recorde no país.

Após o pregão, no entanto, o USDA divulgou seu relatório semanal sobre a situação das lavouras, apontando que 71% delas estão em condições entre boas e excelentes, 22% regulares e 7% ruins a muito ruins, resultado que aponta para uma leve piora relativamente a uma semana antes, quando os números eram de 72, 22 e 6%, respectivamente. A colheita atinge 3% da área prevista, percentual igual ao do ano passado nesta época, embora abaixo da média das últimas cinco safras.

No Brasil, a queda em Chicago foi limitada pela nova valorização do câmbio, com o dólar comercial encerrando as negociações do dia em alta de 0,9%, cotado a R$ 2,392 para compra e R$ 2,394 na venda.