Canais de Notícia

Economia

Publicada em 04/09/2014

Atividade do comércio recua 0,4% em agosto, aponta Serasa

Foi o resultado mais fraco em 11 anos para o acumulado no período de janeiro a agosto.

Da Serasa Experian

Após ter crescido 3,5% em julho/14, a atividade do comércio recuou em agosto/14. De acordo com o Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio, houve queda de 0,4% no movimento dos consumidores nas lojas de todo o país em agosto/14 (comparativamente a julho/14), já descontados os fatores sazonais.

Na comparação com agosto de 2013, a alta foi de 4,2%. Com estes resultados, o movimento dos consumidores no comércio acumulou, no período de janeiro a agosto de 2014, alta de 4,0% em relação ao mesmo período do ano passado. Esta foi a mais fraca expansão registrada pela atividade varejista em onze anos, isto é, desde os 2,1% observados de janeiro a agosto de 2003.

Segundo os economistas da Serasa Experian, o fraco desempenho da atividade do comércio, tanto durante o mês de agosto bem como no acumulado do ano deve-se à baixa confiança dos consumidores em relação ao futuro da economia, aos juros elevados e à inflação mais alta este ano corroendo o poder de compra dos consumidores.

O recuo da atividade varejista em agosto/14 foi concentrado em três segmentos: queda de 1,3% no ramo de tecidos, vestuário, calçados e acessórios; recuo de 1,2% no segmento de material de construção e variação negativa de 0,4% no setor de veículos, motos e peças. Na direção contrária tivemos, em agosto de 2014, as altas de 0,9% em combustíveis e lubrificantes; 0,4% em móveis, eletroeletrônicos e informática; e de 0,1% no ramo de supermercados, hipermercados, alimentos e bebidas.