Canais de Notícia

Economia

Publicada em 14/08/2014

Após relatório do USDA, preços da soja voltam aos níveis de 2010

Cotações fecharam com forte baixa no pregão desta quarta-feira (13).

Lilianthea Lopes Oliveira Viegas

Os preços da soja no mercado futuro da Bolsa de Chicago fecharam novamente com forte queda na sessão desta quarta-feira (14). As perdas variaram de 12 pontos nos contratos com vencimento mais distantes, como os de janeiro, que foram negociados a US$ 10,55 o bushel, até 25 pontos nas posições mais breves, como as de agosto, fechadas a US$ 12,64 o bushel.

Segundo o boletim Sojanews, da consultoria Agrinvestor Intelligence, o contrato referencial de novembro fechou no seu nível de cotação mais baixo desde 16 de setembro de 2010.

De acordo com a consultoria, as perdas ainda são reflexo do relatório do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), que foi divulgado na véspera e apontou uma projeção de produção recorde de quase 104 milhões de toneladas de soja no país e estoques finais acima da expectativa.

Além disso, também influenciou no tom baixista do mercado, previsões de chuvas para a próxima semana nos principais polos de produção da oleaginosa nos Estados Unidos, o que reforça a tendência de uma safra cheia.

No mercado brasileiro de câmbio, o dólar comercial encerrou as negociações do dia praticamente estável, com leve viés de alta, cotado a R$ 2,277 para compra e R$ 2,279 para venda.