Canais de Notícia

Economia

Publicada em 04/04/2014

Em um ano, preço do suíno sobe 20,5% em Mato Grosso do Sul

Valor passou de R$ 3, em março de 2013, para R$ 3,7 em março de 2014.

Da assessoria

O preço do suíno em Mato Grosso do Sul registrou média de R$ 3,7 o quilo vivo em março deste ano, o que representa uma valorização de 20,5% em relação ao mesmo período do ano passado, quando a carne foi vendida a R$ 3 o quilo. A informação consta no último Informativo Casa Rural, elaborado pelo Departamento Econômico da Federação da Agricultura e Pecuária de MS (Sistema Famasul).

A gerente econômica do Sistema Famasul, Adriana Mascarenhas informa que a alta no preço do setor é fruto da escassez de oferta. "A suinocultura de MS ainda sofre com os efeitos da crise de 2012, quando os elevados preços do milho, principal insumo do setor, levaram vários produtores a sair da atividade", assinalou.

De acordo com a economista, a tendência para os próximos meses é de novas elevações para o setor. "Com a chegada do inverno, tradicionalmente a população consome carne suína e como não há projeção de aumento da disponibilidade de carne no mercado interno, por isso a tendência é de trajetória positiva nos preços", destaca Adriana.

O informativo Casa Rural mostra também que em fevereiro os abates suínos no Estado somaram 101,6 mil cabeças, redução de 9,6% em relação ao mês anterior.