Canais de Notícia

Economia

Publicada em 14/03/2014

ADM confirma projeto de complexo para produzir proteína de soja em MS

O complexo da ADM, que será localizado próximo à unidade de processamento da soja em Campo Grande.

Da assessoria

Durante reunião com o governador André Puccinelli e a secretária de Produção, Tereza Cristina Corrêa da Costa, nesta quinta-feira (13), representantes da Archer Daniels Midland Company (ADM) anunciaram planos para a construção de um complexo de produção de proteína da soja em Campo Grande, representando um investimento de aproximadamente 250 milhões de dólares.

Puccinelli teve encontro com empresários no Hotel Hilton, em Nova York, entre eles dirigentes da ADM que confirmaram o plano para o investimento. Pucinelli avaliou que o anúncio do empreendimento corrobora as ações que o governo de Mato Grosso do Sul vem adotando de divulgação e de incentivos para atrair novos negócios e dar suporte a expansão de empresas já instaladas. O assunto é um dos enfoques da apresentação que o governador fará para embaixadores de quase duas centenas de países na ONU na sexta-feira (14).

O complexo da ADM, que será localizado próximo à unidade de processamento da soja existente da companhia em Campo Grande, vai fabricar uma variedade de isolados e concentrados da proteína funcional para complementar a produção norte-americana atual da ADM. Estes ingredientes, que serão comercializados pelo grupo Foods & Wellness da ADM, oferecerão aos clientes sul-americanos da empresa uma variedade de opções de alta qualidade para adicionar proteína para vários produtos de alimentos e bebidas.

"Nós estamos fazendo este investimento para apoiar nossos clientes conforme eles atendem o aumento da demanda do consumidor para proteína", afirmou Matt Jansen, vice-presidente sênior e presidente da ADM Oleaginosas. "Este complexo vai nos permitir produzir estes ingredientes funcionais localmente, o que nos permite servir de forma mais eficiente as crescentes necessidades dos nossos clientes de alimentos e bebidas em toda a América do Sul", disse.

"Para as pessoas de Campo Grande e para os agricultores no Mato Grosso do Sul, eu vejo isso como uma grande oportunidade," declarou Valmor Schaffer, presidente, ADM América do Sul. "Este investimento acrescenta uma nova dimensão para nossa proposta de valor no Brasil e fornece uma boa base para o futuro crescimento dos nossos funcionários, nossos clientes e a comunidade de Campo Grande."

Cerca de 80 funcionários da ADM ficarão no novo complexo, assim que for concluído. A construção está prevista para começar no terceiro trimestre.