Canais de Notícia

Especiais

Publicada em 23/11/2012

Livro retrata através de 50 fazendas a história de Mato Grosso do Sul

Fazendas, de Luiz Alfredo Marques Magalhães, foi lançado durante o MS Agro, em Campo Grande.

Anderson Viegas

Uma parte importante da história de Mato Grosso do Sul pode ser contado através das fotografias, mapas, documentos históricos e depoimentos de proprietários de 50 das mais tradicionais fazendas do Estado e que fazem parte do novo livro do escritor, jornalista, advogado e fotógrafo ponta-poranense, Luiz Alfredo Marques Magalhães.

“Mato Grosso do Sul – Fazendas – Uma Memória Fotográfica” foi lançado no Estado nesta terça-feira (20), durante o Seminário MS Agro, realizado na Federação de Agricultura e Pecuária (Famasul), em Campo Grande. Em âmbito nacional, a publicação já havia sido apresentada na 22ª Bienal Internacional do Livro, em São Paulo.

O livro é um resumo de uma trilogia publicada pelo autor entre 2003 e 2005. A publicação, através de 200 fotografias atuais e imagens antigas, documentos históricos e depoimentos reveladores, descreve o processo de colonização do Estado iniciado no século 18.

Segundo Magalhães, a inspiração para produzir o livro veio da própria família. "Sou neto de fazendeiros. Um dos meus avôs veio a cavalo do Rio Grande do Sul com a família. O outro veio de carroça. Então, quando surgiu a ideia de escrever um livro foi muito natural que esse fosse o tema escolhido", explica.

Para o primeiro semestre de 2013 o autor revela que já prepara o lançamento de uma nova publicação que vai retratar outra passagem marcante no desenvolvimento do Estado, a atuação da Companhia Mate Laranjeira. Na coleta de material para este livro ele adianta que esteve no Paraguai, na Argentina, no Mato Grosso, no Paraná, no Rio de Janeiro e em São Paulo.